Futebol Loja oficial do Botafogo em General Severiano fecha, e clube deve buscar novo franqueado

Loja oficial do Botafogo em General Severiano fecha, e clube deve buscar novo franqueado

Contrato com a empresa que comandava o espaço era terceirizado e atual diretoria do Alvinegro não concordava com condições; clube deve continuar com este formato

Lance
Lance

Lance

Lance

A loja oficial do Botafogo em General Severiano, sede do clube, encerrou as atividades na última segunda-feira. O contrato com o espaço era feito de forma terceirizada: uma empresa contratada "comandava" o estabelecimento. A diretoria do Alvinegro revisou o contrato, encerrou o acordo e vai remodelar o modelo de comando do local.

+ Parte da diretoria do Botafogo quer vender Paulo Victor; outra ala deseja esperar mercado internacional

O antigo contrato da loja tinha sido feito na gestão "Mais Botafogo". A atual diretoria deve procurar um novo franqueado - ou seja, o comando continuará de forma terceirizada - para liderar as rédeas da loja.

Então, a loja do Botafogo fechou temporariamente, não de forma definitiva. O clube encerrou o atual contrato e o espaço será retomado quando um novo franqueado for escolhido. O espaço físico pertence ao Glorioso, que cede a uma companhia que apareça interessada em participar do negócio.

Os funcionários e colaboradores que trabalhavam na loja não eram diretamente ligados ao Botafogo, e sim à empresa que tinha a parceria com o clube.

+ Veja a tabela da Série B

Ainda não há uma data prevista para que o Botafogo feche um possível novo contrato e a loja oficial retome as atividades. O clube deve se pronunciar de forma oficial sobre o assunto em breve.

Últimas