Futebol Lateral acusado de 7 estupros vai para prisão de segurança máxima

Lateral acusado de 7 estupros vai para prisão de segurança máxima

Benjamin Mendy, do Manchester City, está preso desde agosto, embora alegue ser inocente

Lance
Mendy teve bons momentos no City antes do início das acusações

Mendy teve bons momentos no City antes do início das acusações

Lance

Benjamin Mendy, lateral-esquerdo do Manchester City acusado de sete casos de estupro e de um abuso sexual, foi transferido para uma prisão de segurança máxima no dia 23 de dezembro, segundo o jornal inglês The Sun. A transferência ocorreu um dia após o conhecimento da sétima acusação contra o atleta.

Louis Saha Matturie, considerado cúmplice de Mendy e acusado de seis casos de estupro e um abuso sexual, também foi transferido para a prisão de segurança máxima, localizada em Manchester.

"Mendy e Matturie foram transferidos, pois seus casos são muito conhecidos. Isso pode levar a problemas de segurança e gestão dos prisioneiros e considerou-se que as prisões da Categoria A seriam mais bem equipadas para lidar com quaisquer problemas potenciais", disse uma fonte ao The Sun.

A previsão é que a dupla seja julgada em 24 de janeiro, mas o juiz Patrick Thompson acredita que o evento deverá ser prorrogado. O advogado de Benjamin Mendy alega que seu cliente é inocente e nega todas as acusações.

Em agosto de 2021, o lateral-esquerdo foi preso por causa das acusações de estupro, e o Manchester City informou que o atleta seria suspenso pelo clube enquanto tivesse pendências a ser resolvidas com a Justiça.

Mercado da bola: confira as negociações do seu clube para 2022

Últimas