Lampard sai em defesa de Barkley após erro: 'É o nosso batedor oficial'

Meia inglês teve a chance de impedir derrota do Chelsea para o Valencia em cobrança de pênalti nos minutos finais da partida, mas acabou desperdiçando

Lampard ficou desapontado com derrota na estreia

Lampard ficou desapontado com derrota na estreia

Lance

Quando Ross Barkley pegou a bola para bater o pênalti para o Chelsea, aos 47 minutos do segundo tempo, nesta terça-feira, algumas reações chamaram atenção. Willian, Jorginho e até o jovem Abraham falam com o jogador antes da cobrança. No fim, o camisa 8 jogou para fora a penalidade marcada com o auxílio do VAR, e a equipe inglesa acabou derrotada pelo Valencia por 1 a 0, em Stamford Bridge, na estreia na Liga dos Campeões.

Com o resultado, Frank Lampard tornou-se primeiro treinador da história do Chelsea a perder em sua estreia de Champions League pelo clube. Após a partida, a lenda do futebol do inglês desconversou sobre qualquer atrito interno no elenco, e mostrou apoio a Barkley.

- Ross (Barkley) é o batedor oficial. Agora é fácil dizer que há rusgas entre os jogadores. Se ele converte, não há nada para contar. Ele bateu e perdeu. É isso. A nossa decepção é que nós não conseguimos vencer o jogo. Não há nenhum problema nos vestiários - disse o técnico, que discordou do resultado:

- Nós, claramente, não merecíamos perder a partida. Perder, não. Nós tivemos algumas boas chances, além do pênalti que perdemos. Temos que manter a cabeça em pé, há um longo caminho pela frente. É um aprendizado. Times deste patamar são adversários duros.

Pela Liga dos Campeões, o Chelsea volta a campo no dia 2 de outubro, contra o Lille, que pelo Grupo H, estreou perdendo para o Ajax por 3 a 0, na Holanda. Pelo Campeonato Inglês, os Blues têm o clássico contra o Liverpool no próximo domingo, novamente em casa.

Hat-trick, campeão caindo e zebras: o melhor do 1º dia na Champions