Futebol La Liga mantém apoio aos clubes para que não cedam atletas nas Eliminatórias da América do Sul

La Liga mantém apoio aos clubes para que não cedam atletas nas Eliminatórias da América do Sul

Apesar de apelo da Fifa pedindo a liberação de jogadores, entidade que regula o futebol espanhol justifica que convocação irá atrapalhar as competições domésticas

Lance
Lance

Lance

Lance

Apesar do apelo da Fifa pedindo a liberação de jogadores que atuem na La Liga e Premier League atuem por suas seleções nas Eliminatórias da Copa do Mundo na América do Sul, a entidade que regula o futebol espanhol mantém apoio aos clubes caso não queiram ceder seus atletas na próxima data Fifa.

A organização justifica o apoio aos clubes "devido ao aumento em dois dias do período Fifa, tanto em setembro como em outubro, afetando de uma forma flagrante o calendário e a integridade da competição da La Liga". A entidade também afirma que outras confederações, como a Uefa e a Concacaf, realizarão o mesmo número de partidas (três jogos) em um espaço de 10 dias.

> Veja a tabela do Campeonato Espanhol

A La Liga também afirmou que "irá iniciar medidas cautelares junto ao órgão judicial competente com o fim de proteger os direitos e interesses da competição e dos clubes afetados". No entanto, a entidade também propõe uma adaptação no calendário da Conmebol para que realize todos os duelos previstos em 10 dias.

Além dos jogadores que atuam na Espanha, a Premier League e a Serie A, da Inglaterra e Itália, respectivamente, também estão ao lado de seus clubes. Com isso, é possível que uma nova convocação das seleções da América do Sul tenha que ser realizada uma vez que a 9ª rodada das Eliminatórias está prevista para iniciar no próximo dia dois de setembro.

Últimas