Futebol Klopp descarta clima de revanche no Liverpool por conta de derrota na final da Champions em 2018

Klopp descarta clima de revanche no Liverpool por conta de derrota na final da Champions em 2018

Técnico do Liverpool relembra de duelo contra o Real Madrid há três temporadas, diz que sentiu raiva de Sergio Ramos por lesão em Salah, mas que isso já é passado

Lance
Lance

Lance

Lance

O Liverpool encerrou a preparação para o duelo contra o Real Madrid, pelas quartas de final da Champions League nesta terça-feira, e o técnico Jürgen Klopp descartou um clima de revanche por conta da derrota para os Merengues na final em 2018.


- Minha motivação é de alto nível, jogamos contra o Real Madrid, não é por causa de 2018. Mas é claro que me lembro do jogo. Se alguém me perguntasse uma semana depois do jogo se eu convidaria Sergio Ramos para meu aniversário, eu diria que não. Uma noite estranha, mas foi há muito tempo. Não consigo recuperar esse sentimento, essa raiva ou o que seja, por isso nem tento - comentou Klopp, antes de completar:

- Queremos mostrar como somos bons. Se formos melhores do que o Real Madrid, podemos seguir em frente. Em geral, não (sentimento de revanche). Não é uma turnê de vingança. A vida é assim. Eu não acredito nisso, mas seria bom passar. Eles são excelentes e sabem exatamente como vai - disse.

+ Semana Europeia: Paquetá marca e Neymar perde a cabeça. Veja o desempenho dos brasileiros neste final de semana

Klopp também elogiou o Real Madrid e disse que se tem algum time que sabe como vencer a Champions é justamente o rival desta terça. O clube espanhol é maior vencedor do torneio, com 13 conquistas.

- Temos de correr atrás do Real Madrid amanhã, que está num momento muito bom. Muito experiente. Se alguém sabe como ganhar a Champions League, é o Real Madrid - finalizou.

Últimas