Kaio Jorge relembra trajetória e valoriza entrosamento do elenco

Atacante foi o terceiro entrevistado da série DNA, feita pelo Santos em parceria com a rede social Facebook. Kaio falou sobre o seu começo, o gol na Liberta e o maior sonho no time

Lance

Lance

Lance

O atacante Kaio Jorge foi o terceiro entrevistado do Santos na série DNA, em parceria com o Facebook, que conta as histórias de vários personagens marcantes no clube. O jogador de 18 anos relembrou seu começo no Peixe, ainda com nove anos de idade.

- Cheguei aqui para fazer teste com nove anos. Fui aprovado com dez e já comecei a jogar Paulista e evoluindo. É o time em que todo garoto sonha jogar, não pensei em duas vezes de vir para cá. Tenho um apoio grande dos meus pais, o amadurecimento foi muito importante na minha vida. Sabemos que o Santos é um clube gigante e tem que estar preparado para jogar - disse.

O atacante relembrou o seu gol marcado contra o Defensa y Justicia-ARG, na primeira rodada da Libertadores dessa temporada. O Peixe acabou vencendo por 2 a 1, com o gol decisivo marcado pela joia santista.

- Desde o aquecimento estava bem focado, pensando se poderia ajudar a equipe. Assim que ele (Jesualdo) me chamou não pensei duas vezes para dar o meu melhor. Foi uma jogada rápida e a bola acabou sobrando em mim. Pensei em ser muito rápido, se não poderia ter sofrido a falta. Estava muito feliz, nem sabia o que fazer direito. Passou mil coisas na minha cabeça. Foi um momento muito especial - afirmou.

Com metade do elenco sendo formado por jovens da base, Kaio comentou sobre o entrosamento com os companheiros, que estavam com ele nas categorias inferiores e agora, estão no profissional.

- Estou me sentindo na base de novo. Chego aqui no profissional e tem mais seis, sete atletas que jogaram comigo. Estou muito feliz, podendo ver o meu crescimento e deles também - comentou.

O camisa 19 do Peixe também revelou seu maior sonho no Santos.

- O meu maior desejo é ganhar a Libertadores e ir para o Mundial - finalizou.