Juventus e Milan duelam no San Siro em busca da final da Copa da Itália

Maurizio Sarri se mostra preocupado com evolução do rival neste ano. Times tentam afastar crise do Campeonato Italiano no primeiro jogo decisivo da semifinal do torneio

Lance

Lance

Lance

Milan e Juventus se enfrentam nesta quinta-feira pelo primeiro jogo da semifinal da Copa da Itália às 16h45 (horário de Brasília) no San Siro, em Milão. As duas equipes que vêm de derrotas em seus jogos pelo Campeonato Italiano buscam uma recuperação no torneio para amenizar os bastidores e as críticas que vem recebendo. A partida de volta, em Turim, será realizada apenas na primeira semana de março.

Maurizio Sarri, em entrevista coletiva na véspera da partida, se mostrou preocupado com a evolução do rival neste ano de 2020.

- Eles melhoraram muito em termos de desempenho e resultado. Vem de um clássico bem jogado, perdido de uma maneira estranha, mas terão um estádio cheio e o jogo se torna complexo.

Sobre os problemas recentes, o comandante fez questão de botar panos quentes em uma possível crise que o time possa estar passando.

- A equipe treina bem, com intensidade e aplicação, mas diante de um resultado negativo, você se surpreende. As vezes não cumrpimos nosso padrão de treinamento que é muito alto. Nos perdemos em certas situações, mas estamos conversando e tentando resolver.

Sarri praticamente garantiu a presença de Cristiano Ronaldo, grande estrela da companhia, no confronto decisivo, apesar de avaliar a capacidade física de cada atleta jogo a jogo. Já o zagueiro Chiellini, que voltou aos treinos, está descartado. O vencedor desta semifinal irá enfrentar Inter de Milão e Napoli na partida decisiva.