Futebol Justiça extingue ação de torcedor que pedia rebaixamento do Flamengo no Brasileirão

Justiça extingue ação de torcedor que pedia rebaixamento do Flamengo no Brasileirão

Juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira, do TJRJ, indeferiu a ação inicial na noite desta quarta-feira e pôs fim ao processo

Lance
Lance

Lance

Lance

Durou apenas dois dias o pedido de liminar feito por um torcedor ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) para que o Flamengo seja rebaixado à Série B do Brasileirão. Na noite desta quarta-feira, o juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira, da 1ª Vara Cível da Regional da Barra da Tijuca, indeferiu a ação e extinguiu o processo. Cabe recurso da decisão. A informação foi divulgada inicialmente pelo site Esporte News Mundo.

+ BH no topo e Pedro apenas em 16º: confira a lista dos jogadores mais utilizados por Ceni no Flamengo

Na ação contra a CBF, feita na última segunda-feira, o torcedor anônimo pedia a exclusão do Flamengo do Brasileirão, com o argumento de que o clube usou a Justiça Comum para tentar adiar a partida contra o Palmeiras, válida pelo primeiro turno do Brasileirão.

O juiz, no entanto, entendeu que a ação civil pública não é o instrumento adequado para obtenção da providência visada nesta demanda do torcedor. Na sentença do julgamento, ele argumenta “que o interesse que se pretende defender, ao contrário do sugerido na inicial, é do próprio autor, tanto é que o pedido de indenização por danos morais é pedido exclusivamente em seu nome."

+ Fla na cola do Inter: confira a tabela completa do Brasileirão

Na ocasião do polêmico jogo contra o Palmeiras, o Rubro-Negro sofria um surto de Covid-19 e tinha 20 desfalques. A decisão inicial pelo adiamento foi tomada pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), após uma ação do Sindeclubes, sindicato que representa funcionários de clubes do Rio de Janeiro. Pouco antes da bola rolar, a CBF conseguiu cassar a liminar no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Últimas