Futebol Justiça do Rio renova acordo que mantém salários em dia no Botafogo

Justiça do Rio renova acordo que mantém salários em dia no Botafogo

A decisão é considerada favorável pelo clube de General Severiano

Lance
Lance

Lance

Lance

Apesar do momento ruim dentro de campo, o Botafogo teve uma conquista fora dele. Nesta quarta-feira, a 75ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro aprovou o acordo judicial para manter os salários em dia para os trabalhadores do Alvinegro. A decisão é considerada favorável pelo clube, uma vez que garante o pagamento sem atrasos dos funcionários até dezembro, desde que haja recursos suficientes em caixa. A informação é do site ge.

> SindeClubes e Botafogo convocam assembleia para discutir medidas; confira

Dessa maneira, não há risco da verba ser bloqueada por algum outro credor que tem dívidas a cobrar do Botafogo. A aprovação da penhora chega ao limite de R$ 39.543.262,09.

No entanto, o dinheiro não está completamente garantido. Assim, a diretoria precisará trabalhar maneiras para atrair novas receitas para o clube. Atualmente, ainda de acordo com o site, espera-se que o dinheiro em caixa seja suficiente para pagar os salários até maio ou junho.

O acordo começou a ser feito pelo Botafogo, pelo Sindicato dos Empregados em Clubes, Federações e Confederações Esportivas e Atletas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (SindeClubes) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) há quase um mês e, nesta quarta-feira, foi aprovada pela juíza do trabalho Cissa de Almeida Biasoli.

> Botafogo encara o Macaé às 18h de domingo

A autorização judicial se iniciou em outubro do ano passado e, desde então, foi sustentada majoritariamente pelas premiações da CBF e diretos de TV do Brasileirão. No entanto, com a queda para a segunda divisão, essa renda foi comprometida. Assim, para os próximos meses, parte da arrecadação do Campeonato Estadual, a Série B e a venda de Matheus Babi deverão ser utilizadas para o pagamento de salários.

Últimas