Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Julio Casares, presidente do São Paulo, critica arbitragem: 'chega do Abel apitar jogo de o Paulistão'

Mandatário tricolor não poupou críticas à Federação Paulista de Futebol após o empate por 1 a 1, no Morumbis, pelo Paulistão...

Futebol|

O empate no clássico entre São Paulo e Palmeiras, por 1 a 1, deu o que falar. Após a partida no Morumbis, o presidente do São Paulo, Julio Casares, não poupou críticas direcionadas a arbitragem do Choque-Rei e afirmou que o juiz "se acovardou" diante de alguns lances, e que o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, apitou o jogo.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

- Foi um absurdo. A Federação Paulista, que nós apoiamos e faz o melhor campeonato do Brasil, não pode atuar dessa forma. Eu vi agora o auxiliar do árbitro xingando o Calleri, eu vi o auxiliar do Abel (Ferreira) rindo, ironizando, chega do Abel apitar jogo do Paulistão - falou o mandatário são-paulino.

- Foi um conjunto desastroso, já teve um pênalti dado ao Santos com a presença do VAR, depois a expulsão do Arboleda contra o Bragantino, que nitidamente não era lance para expulsão - continuou Casares.

Publicidade

O presidente reclamou do pênalti marcado a favor do Palmeiras, convertido por Raphael Veiga, e da não marcação de um pênalti em Luciano, quando o confronto já estava empatado. Além disso, Casares afirmou que um auxiliar de arbitragem xingou Calleri, que não jogou. Ele cobrou uma atitude da Federação Paulista de Futebol.

➡️ Veja os grupos e datas dos confrontos no Paulistão

Publicidade

- Ou a Federação tem força e autonomia, ou vamos repudiar, inclusive em todas as instâncias. Foi uma vergonha o que aconteceu no Morumbis. Um pênalti absurdo e depois o VAR chama o árbitro em um pênalti legítimo no Luciano e ele se acovardou. A agressão ao Pablo, que quase arrebenta o moleque, era para cartão vermelho direto, ele deu amarelo e o VAR se omitiu - falou Casares.

- Hoje é um dia triste na memória do futebol paulista. Reitero: o futebol paulista que é forte, que tem uma liderança grande, mas não pode acontecer o que aconteceu hoje. Vamos reagir, aqui no Morumbis não vai mais acontecer isso - finalizou.

Com o empate, o Tricolor segue na liderança de sua chave, mas com a mesma pontuação do Novorizontino, ambos com 19 pontos, o que ainda não garante ninguém na próxima fase, já que o São Bernardo segue na briga, com um ponto a menos. Já o Verdão é o único invicto no Paulistão e também o melhor time na classificação geral, com 25 pontos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.