Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Julio Casares fala sobre o balanço positivo do São Paulo e afirma: 'A dívida está equilibrada'

O presidente do clube deu declaração durante o sorteio da terceira fase da Copa do Brasil

Futebol|

Lance
Lance Lance

Durante a realização do sorteio da terceira fase da Copa do Brasil, na sede da CBF, Julio Casares falou sobre o superávit no balanço do São Paulo, referente ao último ano. O Tricolor fechou as receitas de 2022 com um saldo positivo, superando o valor dos últimos três anos.

De acordo com o dirigente, o clube está enfrentando uma 'herança difícil' das gestões passadas, afirmando que quando assumiu o cargo, em 2021, 'já sabia deste problema'. Porém, segundo suas palavras, afirmou que os resultados mostrados pelo balanço realizado apontam que 'o clube está indo pelo caminho certo'.

Saiba quais são as finais de estaduais que vão acontecer pelo Brasil

Veja tabela da Copa do Brasil e simule os próximos jogos

Publicidade

No total, na última temporada, o clube teria arrecadado cerca de R$ 660,5 milhões. Um dos principais pontos foi a venda de alguns atletas. Inclusive, um dos principais influenciadores deste superávit teria sido a negociação de Antony - do Ajax para o Manchester United.

Este superávit giraria em torno dos R$ 37,4 milhões, o que permitiu que o São Paulo fechasse o ano de 2022 em azul após três anos - superando também alguns prejuízos causados pela pandemia da Covid-19.

Publicidade

- O São Paulo está em reconstrução, tivemos uma herança difícil. Quando assumimos em 2021, sabíamos disso. Nós tivemos um balanço que apresenta um superávit importante, depois de três anos em déficit. Essa diminuição da dívida dá a sensação que o caminho é esse - disse durante o evento.

Porém, mesmo com o superávit, o Tricolor enfrenta um problema financeiro complicado neste começo de temporada. No caso, o atraso de quase três meses dos direitos de imagem dos atletas do elenco.

Publicidade

Estes direitos representam uma boa parcela do valor que cada jogador recebe por mês. Mesmo que estivesse encaminhando para o terceiro mês sem o pagamento ser realizado, foi confirmado que uma das parcelas já estaria sendo paga e que o clube estaria focado em quitar estas pendências com os jogadores.

Sobre estas questões, Julio Casares afirmou que 'o resultado financeiro não é o fluxo de caixa', destacando que 'este ainda vai continuar apertado'. Porém, ressaltou que a 'dívida do clube está equilibrada e controlada'.

- O resultado financeiro não é fluxo de caixa, vai continuar apertado. Mas a grande notícia é que o São Paulo está em recuperação permanente. A dívida está equilibrada, controlada - completou.

Ao que tudo indica, segundo o balanço divulgado, o valor total da dívida que o São Paulo enfrenta caiu de R$ 642,4 milhões para R$ 586,5 milhões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.