Futebol Jornal enaltece volta de Fabinho ao meio campo após classificação do Liverpool

Jornal enaltece volta de Fabinho ao meio campo após classificação do Liverpool

Para o jornal inglês 'The Guardian', a volta de Fabinho ao meio campo, depois de cinco meses, deu segurança aos jovens zagueiros Phillips e Kabak

Lance
Lance

Lance

Lance

Com duas vitórias por 2 x 0, o Liverpool superou o RB Leipzig e, mesmo em má fase, avançou às quartas de final da Champions League. Embora Salah e Mané tenham feito os quatro gols do agregado, o jornal inglês 'The Guardian' observou a importância da mudança feita por Klopp no sistema defensivo: com o retorno de Kabak, Fabinho pode ser deslocado novamente para o meio campo.

> Confira os outros jogos das oitavas de final da Champions League

Sem Van Dijk e Joe Gomez lesionados desde outubro do ano passado, Jurgen Klopp optou por começar a escalar Fabinho na defesa dos Reds. Assim, o volante brasileiro se adaptou a nova posição e jogou praticamente cinco meses improvisado.

Entretanto, no triunfo por 2 x 0 sobre o RB Leipzig, pelo jogo de volta das oitavas de final da Champions League, Klopp contou com o retorno de Ozan Kabak para o sistema defensivo. Dessa forma, o treinador alemão retornou Fabinho a sua posição de origem e promoveu Nathaniel Phillips para fazer dupla com Kabak.

Segundo o jornal 'The Guardian', a atuação confortável dos jovens zagueiros de 23 anos foi conquistada graças a proteção de Fabinho em sua 'posição favorita do meio campo'. Além disso, o jornal afirmou também que o Liverpool teve a tranquilidade defensiva que não vem conseguindo exibir na Premier League.

Mesmo longe do Anfield, uma vez que a partida foi realizada na Puskas Arena (HUN), com a vitória o Liverpool conseguiu acabar com a sequência de seis derrotas seguidas jogando em casa.

Com 43 pontos, os Reds vivem um mal momento na Premier League e estão apenas na 8ª colocação. Na próxima segunda-feira, a equipe de Jurgen Klopp volta a jogar contra o Wolverhampton, pela 28ª rodada da competição.

Últimas