John Obi Mikel é oferecido, agrada e Botafogo abre negociações

Com a recusa de Yaya Touré, Comitê Executivo de Futebol do Alvinegro mira outro volante africano; conversas estão, por ora, pausadas por conta do coronavírus

Lance

Lance

Lance

O Botafogo busca reforçar o elenco com outro jogador de calibre mundial. Depois da chegada de Keisuke Honda e da longa negociação sem final feliz com Yaya Touré, o alvo da vez é John Obi Mikel. O nigeriano de 32 anos está livre no mercado e foi oferecido ao Alvinegro, que gostou da possibilidade e abriu negociações. A informação foi dada primeiramente pelo jornalista Jorge Nicola e confirmada pelo LANCE!.

O volante chegou à mesa do Botafogo por meio de um intermediador brasileiro - vale ressaltar que Marcos Leite, responsável pelas conversas com Honda e Yaya Touré, não está envolvido desta vez -, e agradou grande parte da diretoria do Glorioso, principalmente Ricardo Rotenberg. O treinador Paulo Autuori também gostou da possibilidade e, então, as conversas iniciais começaram.

O Botafogo chegou a apresentar cifras iniciais para John Obi Mikel há cerca de duas semanas, mas as negociações foram pausadas por conta da pandemia do coronavírus. Com as atividades no mundo sem previsão precisa de retorno, o Comitê Executivo de Futebol sabe que a negociação não se manterá no mesmo ritmo de antes.

O COVID-19, inclusive, foi o motivo para John Obi Mikel ficar livre no mercado. O nigeriano estava no Trabzonspor-TUR, mas pediu demissão quando foi avisado que a Federação Turca não paralisaria as atividades por conta da pandemia. Com medo do vírus, o volante solicitou o desligamento do clube. Poucos dias depois, o Botafogo viu a possibilidade do negócio acontecer.

No Trabszonspor, inclusive, John Obi Mikel era uma peça importante. Com 27 jogos disputados na temporada, o nigeriano ajudou a equipe, que busca o título do Campeonato Turco. Até a parada pela pandemia do coronavírus, o time era o líder da Süper Lig, com 53 pontos.

A diretoria do Botafogo enxerga a negociação com bons olhos também porque espera gastar um salário menor do que seria com Yaya Touré. As questões envolvendo o marketing em cima do jogador, é claro, também são vistas com entusiamo pela cúpula alvinegra.

Presente nas Copas do Mundo de 2010, 2014 e 2018, o ponto alto da carreira de John Obi Mikel foi a passagem pelo Chelsea. Nos Blues, passou dez temporadas, participou de 371 partidas, marcou seis gols e conquistou, entre uma Liga dos Campeões, onze títulos.