Jogadores do Santos recebem 30% do salário pelo terceiro mês seguido e clube busca acordos individuais

Diretoria tenta agilizar processos de negociação com jogadores para evitar ações trabalhistas

Lance

Lance

Lance

O Santos manterá a redução salarial de 70% aos atletas do elenco pelo terceiro mês consecutivo. O pagamento dos vencimentos referentes a junho ainda não foram depositados. Contudo, de acordo com apurado pela reportagem, o deadline natural de pagamento do clube transita entre o quinto dia útil (ontem) e o dia 10 de cada mês.

Após manifestações públicas de insatisfação de alguns integrantes do elenco e a não chegada a um acordo coletivo, a diretoria tem buscado realizar acordos individuais com os jogadores para os próximos acerto e ressarcimento.

A ideia da direção do Alvinegro Praiano é resolver as pendências o mais rápido possível, já que o pagamento de apenas 30% dos vencimentos pelo terceiro mês consecutivo sem acordo protocolado com os profissionais pode abrir precedentes a processos trabalhistas, inclusive com pedidos de rescisões unilaterais de contrato.

Desde os pagamentos referentes ao mês de maio há um impasse entre diretoria e jogadores. Os funcionários do Santos aceitaram a redução de 70%, com a promessa de ressarcimento de 35% do valor em um futuro. Colaboradores com salários menores a R$ 6.101,06, que corresponde ao teto da Previdência Social, não tiveram os seus vencimentos mexidos.