Futebol Jogadores de PSG e Istambul Basaksehir entram em campo com camisa escrito 'não ao racismo'

Jogadores de PSG e Istambul Basaksehir entram em campo com camisa escrito 'não ao racismo'

Atletas vão para aquecimento no Parque dos Príncipes com camisa contra o racismo. Alvo da injúria racial, Pierre Webó também aparece usando a vestimenta

Lance
Lance

Lance

Lance

Após o lamentável episódio de racismo na partida entre PSG e Istambul Basaksehir na terça-feira, que culminou na suspensão da partida, os jogadores das duas equipes voltaram a campo nesta quarta para a continuidade do jogo. E antes da partida começar, atletas dos dois times entraram em campo com uma camisa escrito "não ao racismo".


No aquecimento realizado no gramado do Parque dos Príncipes antes da partida, todos usaram a mesma camisa por cima de seus uniformes de treino. Além da frase, grafada em inglês ("no to racism"), os escudos de PSG e Istambul Basaksehir também estava presente.

PSG x Istambul Basaksehir

PSG x Istambul Basaksehir

Lance

Mbappé e Neymar no aquecimento pré-jogo (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Alvo da injúria racial de Sebastian Soltescu, o ex-atacante Pierre Webó também esteve em campo com a vestimenta. O camaronês de 38 anos, que como jogador atuou por clubes como Nacional (URU), Osasuna (ESP), Fenerbahçe (TUR) e no próprio Istambul Basaksehir, hoje é auxiliar técnico no time turco.

PSG x Istambul Basaksehir - Pierre Webó

PSG x Istambul Basaksehir - Pierre Webó

Lance

Webó com a camisa escrito "não ao racismo" (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Últimas