Futebol Jogador gabonês explicará como nasceu quatro anos após a morte de sua mãe; entenda

Jogador gabonês explicará como nasceu quatro anos após a morte de sua mãe; entenda

Guélor Kanga é acusado de se chamar Kiaku Kiaku Kiangana, nascido no Congo quase cinco anos antes do que diz em sua certidão

Lance
Lance

Lance

Lance

O meio-campista gabonês Guélor Kanga, que atua pelo Estrela Vermelha, da Sérvia, é acusado de omitir cinco anos em sua certidão de nascimento. O jogador terá de explicar como ele nasceu em 1990, quatro anos após a morte de sua mãe.

A Federação Congolesa de Futebol acusa Guélor Kanga, do Gabão, de ter nascido quatro anos antes dos dados apontados em sua certidão de nascimento. O jogador seria, supostamente, Kiaku Kiaku Kiangana, nascido em 5 de outubro de 1985, não em 1 de setembro de 1990.

A acusação cresce também no fato da mãe de Kanga ter falecido no início de 1986 e, por isso, não ser capaz de ter um filho em 1990. Além disso, o jogador teria nascido em Kinshasa, na República Democrática do Congo, não na cidade de Oyem, no Gabão.

Caso condenada, a Federação Gabonesa de Futebol pode ser condenada por falsificação em relação aos documentos administrativos por parte de Guélor Kanga e também por não cumprir o procedimento da FIFA relativo à sua mudança de nacionalidade desportiva. Assim, a Seleção do Gabão pode ficar de fora da Copa Africana de Nações.

Últimas