Futebol Jobson fala sobre recuperação e expectativa de volta ao Santos

Jobson fala sobre recuperação e expectativa de volta ao Santos

Cirurgia no joelho do volante completa três meses nesta quinta. Jogador fala sobre o período de recuperação e projeta voltar aos gramados no segundo semestre

Lance
Lance

Lance

Lance

No último dia 16 de abril, o volante Jobson completou dois anos no Santos desde que foi anunciado. Contudo, o jogador não pôde comemorar em campo devido a uma cirurgia no joelho. Em conversa com o LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE, Jobson falou sobre sua recuperação. Ele completa três meses de cirurgia nesta quinta-feira.

- Desde o primeiro dia do tratamento venho evoluindo muito bem. Hoje me sinto cada vez melhor, até porque comecei a correr no campo. Sigo fazendo atividades na academia, bike, fortalecimento e tratando em dois períodos, mas o principal com certeza foi ter começado as corridas no campo e a fazer alguns momentos de equilíbrio com bola - afirmou o volante.

O volante também falou sobre a expectativa de volta para o próximo semestre e que não quer pular etapas. Jobson ainda falou sobre o tempo com os filhos e a família estão sendo importantes para mantê-lo forte nesse momento.

As melhores possíveis! Estou trabalhando muito, mas tranquilo, vivendo um dia de cada vez. O processo é lento, eu sei disso e não quero antecipar nada, mas fazer as coisas certas para voltar bem e ainda mais forte. É difícil dizer que tem parte boa em uma lesão porque eu estou deixando de fazer a coisa que eu mais amo, mas estar mais com meus filhos me fortalece. O Jobson nasceu no final do ano passado, estou tendo a oportunidade de acompanhar os primeiros passos dele e está sendo uma experiência incrível. Minha família é a base de tudo e tem sido minha força para superar esse momento - revelou Jobson ao LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE.

O jogador ainda comemorou a marca de dois anos vestindo a camisa do Santos e relevou estar vivendo um sonho. Apesar de não poder celebrar a marca jogando, Jobson quer recompensar em seu retorno à equipe.

"Marca significativa para mim, com certeza. Jogar aqui é a realização de um sonho, sempre quis estar no Santos. Seria muito melhor comemorar essa data em campo, mas estou consciente que vai chegar o dia de voltar em breve e vou honrar como sempre essa camisa. Foram muitos altos e baixos mas nunca me doei menos, nunca faltou esforço da minha parte", comentou o jogador.

Últimas