Futebol João Victor aguarda definição da FPF e revela foco em retorno ao Timão

João Victor aguarda definição da FPF e revela foco em retorno ao Timão

Zagueiro emprestado à Inter de Limeira tem contrato próximo do fim e espera encerrar o Paulistão no clube do interior para voltar confiante ao Corinthians 

Lance
Lance

Lance

Lance

Revelado nas categorias de base do Corinthians, João Victor, de apenas 21 anos, é mais um jogador com sua situação contratual indefinida por conta da paralisação do futebol brasileiro. Emprestado pelo Timão à Internacional de Limeira até o fim deste mês, o zagueiro não sabe como será seu futuro nas próximas semanas.

Em quarentena na cidade de Bauru, sua terra-natal, João cumpre diariamente a programação passada pela comissão técnica da Inter de Limeira ao elenco. O problema, no entanto, é que o Campeonato Paulista não tem data confirmada para retorno e o defensor não sabe se terá de voltar para o Corinthians ou se permanecerá no interior.

- Meu contrato com a Inter de Limeira acaba agora no dia 27 (abril). Conversei com meu empresário e estamos esperando uma definição da Federação Paulista para saber o que pode ser feito, se vão permitir um novo contrato de apenas um mês. Se isso não acontecer, vou voltar para o Corinthians - explicou o jogador em entrevista ao LANCE!

Titular em nove dos dez jogos da Inter no Paulistão (não pôde atuar justamente contra o Corinthians por uma cláusula em seu contrato), João ganhou do técnico Elano a oportunidade de demonstrar trabalho. O zagueiro tem ajudado o clube do interior em sua luta para permanecer na Série A1 e, apesar dos 11 pontos ganhos em 30 disputados, a equipe está próxima de seu objetivo.

Embora o foco de João Victor seja o retorno ao Corinthians e a briga por uma vaga no plantel comandado por Tiago Nunes, o pensamento no curto prazo é encerrar o ciclo na Inter de Limeira. Vale lembrar que restam apenas duas rodadas para o fim da fase de grupos do Campeonato Paulista e o time do interior pode até conquistar uma vaga no mata-mata.

- Minha prioridade é o Corinthians. Sei que é difícil e sei da competitividade do elenco, mas espero poder brigar pelo meu espaço. Se não der certo (retorno para o CT Joaquim Grava), aí eu penso em como será meu futuro nesta temporada, mas o foco é o Corinthians. Sei que se tiver uma oportunidade, as coisas vão mudar - finalizou o jogador, nascido em 1998 e profissionalizado por Fábio Carille no ano passado.

Últimas