Futebol João Paulo salva Santos e lidera estatística de 'grandes defesas' na Copa do Brasil

João Paulo salva Santos e lidera estatística de 'grandes defesas' na Copa do Brasil

Goleiro evitou goleada na derrota do Peixe por 1 a 0 para o Coritiba, na noite da última quarta-feira. Equipe precisa agora vencer o time paranaense na Vila por dois gols

Lance
Lance

Lance

Lance

A derrota do Santos para o Coritiba por 1 a 0, na noite de quarta-feira, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil foi para o torcedor esquecer. Mas, um jogador, em particular, teve um desempenho histórico. É o que mostram os números.

O goleiro João Paulo fez dez defesas difíceis ao longo da partida, algumas impressionantes, tendo 91% bolas defendidas e quatro cortes. Nos primeiros 25 minutos de jogo, o Coritiba criou mais de cinco grandes oportunidades de marcar. Em cada uma delas, o arqueiro santista cobrava mais atenção de seus defensores.

O jogo terminou com vitória dos paranaenses por 1 a 0, com gol do atacante Alef Manga. Pelas chances criadas, o placar ficou 'barato' para o Peixe. No ranking da FootStats, João Paulo é disparado o goleiro que realizou mais defesas difíceis na competição: 7 (sete).

Após o duelo, o zagueiro Maicon e o técnico Bustos valorizaram a grande partida realizada pelo capitão do time santista.

- Primeiro tempo não foi abaixo, foi horrível. Verdade tem que ser dita. Santos não pode jogar dessa maneira, como no primeiro tempo. Se não fosse o João Paulo, sairíamos com um placar pior. João Paulo salvou tudo. Time apático, sem vontade - disse o zagueiro Maicon.

- Muito mal o primeiro tempo, sobretudo os primeiros 15, 20 minutos. Intensidade, posicionamento, recuperação. Mal. Sem tirar os méritos do Coritiba, mas nós estivemos frouxos. Sem pressionar, sem lutar por cada bola como tem que ser. João Paulo nos salvou em pelo menos três ou quatro chances claras de gol - afirmou o técnico Fábian Bustos.

Últimas