Futebol Jô iguala Romero na Arena e marca terceiro gol em cinco jogos como titular do Corinthians

Jô iguala Romero na Arena e marca terceiro gol em cinco jogos como titular do Corinthians

Camisa 77 do Timão chegou a 27 gols na Neo Química Arena e divide a artilharia do estádio com o paraguaio. Sequência como titular com Sylvinho tem rendido frutos para todos

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians arrancou um difícil empate com o Internacional, no último sábado, e o gol que igualou o placar em 1 a 1 foi marcado por Jô, que agora divide com Romero a liderança na artilharia da Neo Química Arena e se consolida cada vez mais como titular de Sylvinho. São três gols em cinco jogos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o clube nesta temporada

Foi na partida diante do Bahia, no fatídico dia da chuteira que parecia verde, que o camisa 77 fez seu primeiro jogo no 11 inicial do novo treinador. O empate em 0 a 0 não teve bola na rede, mas já deu indícios de que o atacante poderia render sob novo comando no Timão e, de fato, acabou rendendo.

No duelo seguinte, contra o Sport, ele foi mantido na equipe titular e o gol acabou saindo. Foi o segundo da vitória por 2 a 1, que acabou sendo aquele que garantiu os três pontos na Neo Química Arena. Algo parecido aconteceu no jogo seguinte, diante do Fluminense, quando Jô marcou de pênalti abrindo o placar no empate em 1 a 1, no Rio de janeiro, garantindo um ponto.

Contra o São Paulo, o clássico terminou 0 a 0 e Jô acabou passando em branco pela segunda vez na série, mas o jejum durou pouco. No último sábado, diante do Internacional, ele foi responsável pelo gol de empate do Timão no segundo tempo, deixando o placar em 1 a 1. Além de garantir pelo menos um ponto para o time com o tento, ele atingiu uma marca história na Neo Química Arena.

Isso porque o camisa 77 chegou ao seu 27º gol no estádio, o que o iguala a Romero na artilharia histórica de Itaquera, que o paraguaio liderava de forma isolada desde 2018. A diferença é que Jô atingiu o número em menos jogos, ou seja, tem uma média superior. Além disso, se mantiver essa boa fase, o centroavante vai se isolar no topo em breve, ainda neste Brasileirão.

As atuações de Jô e sua entrega pelo time têm rendido elogios do técnico Sylvinho em suas entrevistas coletivas depois dos jogos. Com isso, ele tem sido mantido entre os titulares e está cada vez mais voltando a se consolidar como o "homem-gol" da equipe sob o comando do novo treinador. A próxima parada agora é a Chapecoense, na próxima quinta-feira, às 21h, na Arena Condá.

Últimas