Jesus dá méritos ao Liverpool, mas elogia Flamengo: 'Extraordinário'

Para técnico português, time rubro-negro está no mesmo patamar que campeão da Liga dos Campeões: 'Falta de boa organização tática'

Jorge Jesus e Jurgen Klopp fizeram duelo à parte

Jorge Jesus e Jurgen Klopp fizeram duelo à parte

Lance

O gol de Roberto Firmino, na prorrogação, deu ao Liverpool o título do Mundial de Clubes da Fifa diante do Flamengo. Após a decisão no Estádio Internacional Khalifa, em Doha, o técnico Jorge Jesus deu os méritos da vitória ao campeão europeu, ressaltando que o Rubro-Negro, pela partida que fez, mostrou estar no mesmo patamar do time de Jurgen Klopp, individualmente e coletivamente.

- Foi um teste a uma equipe que não está na Europa. Um teste que foi mostrado com uma boa organização tática, com jogadores de muita qualidade. O Flamengo fez um jogo extraordinário. A minha satisfação é que as melhores equipes do Brasil podem competir com as da Europa. E hoje o Flamengo fez isso - comentou o treinador português, que assumiu o Flamengo em junho.

Assim como os jogadores falaram na saída de campo, Jorge Jesus reforçou que esteve orgulhoso do que o Flamengo apresentou diante do Liverpool ao fim dos 120 minutos da decisão do Mundial de Clubes - o gol dos Reds foi marcado por Roberto Firmino só aos nove minutos do primeiro tempo da prorrogação.

Campeão do Brasileirão e da Copa Libertadores em seis meses no comando do Flamengo, o Mister fez uma avaliação do 2019 do clube, e, em especial, da decisão do Mundial.

"Avisei aos jogadores que senti um grande orgulho deles nessa final. Fomos tão bom quanto eles, procuramos ser iguais a nós próprio. Em tremo de sistema tático, muito mais atrevida. Dá para nos sentirmos orgulho. Hoje, o Flamengo podia ter feito uma temporada inesquecível, mas fez uma brilhante. No ganhou, mas jogou para ganhar contra a melhor equipe do mundo. Parabéns ao Liverpool e, como não me canso de dizer, à equipe do Flamengo", disse.

Confira outras respostas do técnico Jorge Jesus, do Flamengo:

Avaliação da partida
Foi um jogo que traduziu duas grandes equipes. A do Liverpool com o título da Champions e com muitos pontos à frente do segundo (na Premier League), e o Flamengo com o mesmo patamar. Tivemos números maiores, apenas não nos números de faltas.

Construção do gol de Roberto Firmino
Tivemos sempre preparados para eles (contragolpes), no cruzamento do Filipe (Luís), a bola sobrou e conseguiram encaixar o lance do gol. Mas isso é futebol. Nas duas fases, uma equipe impressionante, tivemos varias propostas tarifas contra o Liverpool. Duas grandes equipes que jogaram, e eles, com muito méritos, conseguiram fazer o gol. Não há muito para refletir. O Liverpool ganhou e não foi porque o Flamengo errou ali ou acolá. A última linha do Flamengo esteve forte e muito bem. O Liverpool teve perto de ganhar e perder.

Desgasta do Flamengo no fim da partida
Vocês viram o jogo e viram um Flamengo com quase 80 jogos (em 2019) contra uma equipe que tem jogos (na temporada 2019-20). Fisicamente vocês viram a diferença, não houve. Quero destacar a qualidade dos jogadores que, mesmo com 80 jogos nas pernas, tiveram intensidade, velocidade e disciplina tática.

Liverpool x Flamengo: confira as melhores imagens do Mundial 2019