Já classificada, Itália quer manter 100% nas eliminatórias da Eurocopa

Roberto Mancini conseguiu o equilíbrio entre jovens e consagrados atletas e não perdeu nem empatou na competição. A Bósnia Hezergovina é a rival da vez, nesta sexta-feira

Lance

Lance

Lance

Com 100% de aproveitamento e já classificada para a Eurocopa, a Itália enfrenta a Bósnia Hezergovina, nesta sexta-feira, pelas eliminatórias da competição, às 16h45 e aposta na mistura entre atletas jovens e consagrados. O zagueiro Acerbi, que defende a Lazio, destacou o confronto com Dzeko, da Roma e destaque da Bósnia.

- Nós vamos para a Bósnia para vencer, vai ser um clássico contra Dzeko. Eu não garanti meu lugar ainda, toda vez que eu jogo é como se fosse uma final para mim - disse ao site oficial da Federação Italiana.

PANORAMA
A Itália garantiu a classificação na última rodada da Eurocopa. A Azzurra venceu Liechtenstein, por 5 a 0 e chegou aos 24 pontos. A campanha é muito positiva, com 100% de aproveitamento: oito vitórias em oito jogos. A Finlândia está em segundo no Grupo J, com 15 pontos. A Bósnia, por sua vez, soma dez, na quarta posição.

RENOVAÇÃO
O treinador Roberto Mancini soube renovar o elenco da seleção italiana. A fase não era positiva antes de sua chegada e a Itália nem se classificou para a última edição da Copa do Mundo.

OS JOVENS
O técnico aposta em uma mistura de jogadores consagrados com jovens atletas. Entre os jovens, destaque para os goleiros Donnarumma (Milan) e Meret, o defensor Cistana (Brescia), os meias Barella (Internazionale), Mandragora (Udinese) e Zaniolo (Roma), além dos atacantes Orsolini (Bologna) e Belotti (Torino).

CONSAGRADOS
Mancini não descarta também os já consagrados, como o zagueiro Bonucci (Milan), o volante Florenzi (Roma), os meias Verratti (PSG) e Jorginho (Chelsea) e os atacantes Immobile (Lazio) e Insigne (Napoli).