Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Instituição espanhola apresenta denúncia contra Carlo Ancelotti, técnico do Real Madrid, após caso de racismo

Comandante italiano é investigado após fala depois de injúrias raciais contra Vini Jr, feitas pela torcida do Valencia

Futebol|Do R7


Lance
Carlo Ancelotti em entrevista coletiva (Divulgação / Real Madrid)

A Associação de Pequenos Acionistas de Valencia entrou com uma queixa contra o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, de acordo com o jornal "Marca". A denúncia ocorreu motivada por uma fala do comandante merengue após a polêmica dos casos de racismo contra o brasileiro Vinícius Jr em duelo contra o próprio Valencia, no último dia 21 de maio.

A fala que problematizou a situação para o italiano foi que todo o estádio Mestalla havia se dirigido a Vinícius, o chamando de "macaco", e que designou a maioria dos torcedores presentes no local como racistas. Logo depois, Ancelotti se retratou e disse que não foi todo o estádio e sim apenas um grupo de aficionados valencianos.

+ Camisas dos campeões europeus de 2023 a partir de R$59,90. Garanta a sua!

"Informamos que em defesa dos acionistas, sócios e torcedores do Valencia, e face aos tristes acontecimentos ocorridos nos dias anteriores, apresentamos uma queixa contra o treinador do Real Madrid, Sr. Ancelotti, pelas declarações feitas no final do jogo.

Publicidade

1. Tratou como racista um estádio inteiro de 46.002 espectadores, depois do ocorrido com o jogador Vinícius, perante a imprensa presente na Sala de Imprensa do Mestalla

2. Ele transmitiu falsa acusação, possivelmente intencionalmente, e como consequência, o Valencia viu sua imagem, bem como a de seus torcedores e acionistas, prejudicada. O poder de difusão que estas palavras do treinador do Real Madrid têm prejudicam a imagem da Comunidade Valenciana ao associá-la ao racismo generalizado.

Publicidade

Da APAVCF, não descartamos no futuro e vendo o desenrolar desta ação dar um passo além e entrar com uma ação por difamação contra o Sr. Ancelotti - diz a denúncia apresentada no Ministério de Promotoria.

No dia 21 de maio, em duelo entre Real e Valencia, o camisa 20 merengue foi alvo de ofensas e injúrias raciais durante boa parte do jogo. Aos 27 minutos do segundo tempo, Vini chegou a identificar um dos torcedores que o ofendeu e o duelo ficou paralisado por cerca de nove minutos até o retorno. No fim, ainda houve tempo para uma expulsão do atacante após confusão com Hugo Duro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.