Futebol Ídolo no México e parceria com R10: conheça William e como ele pode ajudar o São Paulo

Ídolo no México e parceria com R10: conheça William e como ele pode ajudar o São Paulo

Meia de 34 anos chega ao Tricolor com vasta experiência para ajudar na composição do elenco de Hernán Crespo. Veja como o jogador atua dentro de campo e suas características

Lance
Lance

Lance

Lance

O São Paulo surpreendeu e fechou a contratação do meia William, de 34 anos que estava no Toluca (MEX). O jogador tem uma história de superação e também reconhecimento, principalmente no futebol mexicano.

Espaço ficou vazio: lembre todos os patrocinadores máster do São Paulo

Sendo assim, o LANCE! mostra algumas curiosidades da carreira do jogador e como ele pode ajudar o São Paulo do técnico Hernán Crespo nesta temporada.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA DE 2021!

William iniciou sua carreira nas categorias de base do Juventus, mas foi realmente na base do Palmeiras que o atleta destacou-se. Após se recuperar ainda muito jovem de um problema cardíaco, retornou ao futebol em 2006, e em 2007, começou bem o ano, após marcar dois gols na estreia do Palmeiras no Paulistão.

O meio-campista passou ainda pelo futebol mexicano. Desde 2013 no país, William somou 209 partidas (62 pelo Querétaro, seu primeiro clube, 78 pelo América do México, e 69 pelo Toluca, seu time mais recente), marcando um total de 26 gols (12 com a camisa do Querétaro, sete pelo América do México e outros sete pelo Toluca).


No futebol mexicano, William colecionou boas campanha: foi campeão da Copa El Rancho de 2015 pelo Querétaro. Foi também campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF 2015-16 com o América do México, time mais popular do país, além de um título do torneio Apertura de 2018 com a mesma equipe.

Sua passagem pelo país mexicano foi tão emblemática com as boas atuações que chegou a se naturalizar mexicano, inclusive, para caso a seleção nacional quisesse contar com a sua convocação.

PARCERIA E TÍTULO COM RONALDINHO GAÚCHO

William Jogou ao lado de Ronaldinho Gaúcho em 2014, com quem foi campeão após seis meses da chegada do astro, conquistando a Copa El Rancho de 2015, disputada em Frisco (Texas) nos EUA: a equipe venceu o Puebla FC nos pênaltis, por 4 a 1, após empatar em 3 a 3 no tempo normal.

Ronaldinho anotou um dos gols dos Gallos Brancos, aos seis minutos de jogo, quando converteu um pênalti, e depois ainda deu assistência para o gol de Willian da Silva.


COMO WILLIAM PODE AJUDAR O SÃO PAULO?
Aos 34 anos, a experiência adquirida durante a carreira é um dos pontos fortes do jogador. O brasileiro atua como uma espécie de segundo volante, com bom passe e marcação, ajudando tanto na recomposição, quanto na construção ofensiva da equipe.

Na temporada passada, em sete partidas, acertou 79% dos passes no campo adversário e 69% dos lançamentos. Além disso, ganhou 52% dos duelos pelo chão e 57% das bolas pelo alto. No entanto, William recebeu três cartões amarelos, um número considerado alto pela quantidade de partidas.

No São Paulo, caso receba uma oportunidade no time titular, pode formar a primeira linha de volantes ao lado de Luan, ou mesmo mais avançado podendo formar dupla com Igor Gomes ou Gabriel Sara. Resta saber como Crespo utilizará o brasileiro.

Últimas