Futebol Hugo Souza manda recado de 'força' e 'esperança' a menino de 11 anos vítima de racismo

Hugo Souza manda recado de 'força' e 'esperança' a menino de 11 anos vítima de racismo

Goleiro do Flamengo se pronunciou em apoio ao jovem mineiro Luiz Eduardo e prometeu-lhe um presente

Lance
Lance

Lance

Lance

Um triste episódio marcou a vida do menino Luiz Eduardo, de apenas 11 anos, que relatou ter sofrido injúria racial durante um torneio infantil de escolinhas em Caldas Novas (GO), nesta semana. Através das redes sociais do Flamengo, Hugo Souza mandou um recado desejando-lhe "força" e "esperança".

- E aí, Luiz Eduardo, tudo bem? Aqui é o Hugo, estou aqui para te mandar um abraço, queria te desejar força nesse momento que você passou. É complicado, eu sei como é, eu sofri na pele isso, mas eu estou te mandando este vídeo como uma forma de mandar um pouco de esperança, para que você entenda que você é muito maior que isso, e que isso não vai te derrubar, isso só vai te dar forças, isso só vai fazer de você grande. Só é grande quem ultrapassa por obstáculos, só é grande quem consegue passar por cima de tudo isso. Força, irmão, estamos juntos nessa! Vou te mandar um presente, que Deus abençoe sua vida - falou o goleiro rubro-negro.

O vídeo de Luiz Eduardo, que atua pelo Uberlândia Academy, aos prantos e contando o caso viralizou nas redes sociais, trouxe comoção e indignação. O garoto falou que ouviu injúrias raciais durante um jogo do Sub-11 da Caldas Cup, torneio infantil de escolinhas, em Caldas Novas, interior de Goiás. As ofensas teriam sido de Lázaro Caiana de Oliveira, técnico do Instituto S.E.T..

Na legenda do vídeo de Hugo, o Flamengo se manifestou assim:

- Não podemos mais tolerar. Não podemos nos calar. Chega de racismo! O nosso goleiro Hugo Souza deixou uma mensagem especial para o gigante Luiz Eduardo. Estamos com você, garoto! #RacismoNão.

Últimas