Futebol Herói da Argentina, Di María comemora título e já mira Copa do Mundo: 'É um grande incentivo'

Herói da Argentina, Di María comemora título e já mira Copa do Mundo: 'É um grande incentivo'

Camisa 11 fez o gol do título da Copa América, cita desatenção de Renan Lodi e diz que Messi falou sobre poder voltar ao estádio após a final da Copa do Mundo de 2014

Lance
Lance

Lance

Lance

Herói da Argentina ao marcar o gol do título da Copa América sobre o Brasil neste sábado, o meia-atacante Ángel Di María celebrou a conquista da Argentina, que encerrou um jejum de 28 anos. Após a partida, o camisa 11 disse que "a ficha ainda não caiu".

+ Veja a tabela da Copa América


- Ainda não consigo chorar, a ficha ainda não caiu. Sonhamos tanto, lutamos tanto para isso. Muitas pessoas nos disseram para não voltarmos, mas continuamos batendo com a cabeça na parede e hoje o jejum foi quebrado - disse Di María.

- Estou feliz por minhas filhas, por minha esposa, por meus pais, por todas as pessoas que nos apoiaram e por todos os loucos que vieram aqui. A Copa do Mundo está chegando e este título é um grande incentivo e empurrão - seguiu.

+ ATUAÇÕES: Di Maria e De Paul se destacam e comandam vitória da Argentina; Messi foi discreto

O jogador do Paris Saint-Germain também falou sobre a relação com Messi e relembrou da final da Copa do Mundo de 2014, também disputada no Maracanã, quando não pôde jogar por conta de uma lesão.

- Vai ser inesquecível. Messi disse que foi graças a mim; eu disse que foi graças a ele. Ele me disse que era a minha final, que era a revanche para a final que eu não pude jogar. Tinha de ser hoje e hoje foi.

Di María também falou sobre o gol marcado e disse que comentou com De Paul que o lateral-esquerdo Renan Lodi ficava desatento.

- Falei com Rodri (De Paul) antes da partida, havia dito que o lateral (Renan Lodi) dormia um pouco às vezes na marcação. O passe veio perfeito, controlei e toquei por cima. Terminou como no jogo contra a Nigéria nas Olimpíadas (de 2008) - disse.

Últimas