Henry se manifesta sobre onda de protestos nos Estados Unidos

Técnico do Montreal Impact condena violência e saques, mas destaca: "Nós precisamos, exigimos e o mais importante, nós merecemos mudanças"

Lance

Lance

Lance

Apesar de morar no país vizinho (Canadá), o técnico do Montreal Impact, Thierry Henry, constantemente está nos Estados Unidos pelo fato da sua equipe disputar a Major League Soccer (MLS).

Entretanto, o futebol há algum tempo não é um dos assuntos principais no país já que, depois da pandemia do novo coronavírus, a morte de George Floyd que gerou uma intensa onda de protestos tem tomado conta dos noticiários.

E, através das suas redes sociais, o ex-jogador francês resolveu se posicionar sobre o tema em conteúdo que foi "curtido" pelo perfil oficial do clube canadense.

Henry pontuou que não consegue compreender como alguns fãs conseguem "aplaudir jogadores da minoria étnica que jogam em seus times" e "abusa das mesmas minorias nas ruas".

Contudo, ele critica as manifestações com a presença de atos de violência, depredação ao patrimônio alheio e saques a lojas e outros estabelecimentos. Reforçando que, diante de tantos posicionamentos, uma mudança não apenas pode como precisa acontecer.

Confira o texto na íntegra

Tenho reunido meus pensamentos nos últimos dias para descrever com eloquência sobre meus sentimentos com a trágica e desnecessária morte de George Floyd. Seria muita fácil escrever em meio a emoção, ódio e sentimento ácido no calor do momento. Apesar desses sentimentos ainda estarem presentes, vou fazer uma tentativa.

Por que isso ainda acontece em 2020? Por que os mesmos racistas aplaudem qualquer minoria étnica que joga pelos times que eles torcem, mas abusam das mesmas minorias nas ruas? Por que todos os métodos que estamos usando para erradicar isso na nossa sociedade continuam não funcionando?

Acontece há muito tempo e chegamos muito longe para tolerar isso na sociedade moderna.

Não defendo a violência, saques ou destruição de propriedade, porque isso não vai resolver os problemas e muitos indivíduos racialmente afetados acabam sendo vítimas desse comportamento. Porque as pessoas devem ser punidas tendo os mesmos problemas, turbulências e abusos raciais? Pessoas que trabalharam a vida toda para alimentar suas famílias e, então, tem o fruto do seu trabalho destruído em protestos contra as questões que eles estão sofrendo também? Essa não é a resposta.

Entretanto, nós PRECISAMOS urgentemente de mudança, nós EXIGIMOS mudança e, mais importante, nós MERECEMOS mudança. Façam acontecer. AGORA. BASTA e BASTA.