Futebol Há três anos, goleiro Júlio César brilhava, Fluminense vencia o América-MG e evitava rebaixamento

Há três anos, goleiro Júlio César brilhava, Fluminense vencia o América-MG e evitava rebaixamento

Lutando contra o rebaixamento, arqueiro defendeu um pênalti e fez grandes defesas ao longo da partida; Richard marcou o gol da vitória aos 41 minutos do primeiro tempo

Lance
Lance

Lance

Lance

No domingo, o Fluminense encara o América-MG, no Estádio Raimundo Sampaio, em jogo válido pela décima quinta rodada do Brasileirão. A última vez que os times se encontraram foi em 2018, na partida que livrou o Tricolor do rebaixamento naquele ano após defesa de pênalti de Júlio César e gol de Richard, no Maracanã.

O dia era 2 de dezembro de 2018. O Brasileirão chegava na sua última rodada e o Fluminense brigava para não cair para a segunda divisão. 35 mil pessoas foram ao Maracanã apoiar o time na luta contra o rebaixamento. Logo no primeiro tempo, o Tricolor cometeu um pênalti que poderia ter custado muito caro ao time. No entanto, a história terminou diferente.

Questionado por parte da torcida, o goleiro Júlio César se consagrou como o herói da partida ao agarrar a cobrança de Luan. Depois de meses sofrendo críticas, o jogo marcou a passagem do goleiro no Fluminense, não apenas pelo pênalti, mas pela atuação nos 45 minutos. Um pouco depois, Luan ficou cara a cara com o Júlio César, mas não conseguiu aproveitar.

Porém, o dia não foi só de Júlio César. Em desvio excepcional, Gum evitou o gol do Coelho praticamente em cima da linha. Aos 41 minutos da primeira etapa, Richard estufou a rede após cobrança de escanteio de Marlon. A partida seguiu com forte pressão do América, mas a linha defensiva e o goleiro não deixaram que o visitante empatasse.

Assim, o time do interino Fábio Moreno encerrou o drama contra o rebaixamento e o maior jejum da história do clube. Até o momento, o Fluminense estava há oito jogos sem marcar, totalizando 802 minutos sem fazer gols. Além de se manter na Série A, o Tricolor também conquistou a vaga na Sul-Americana ao terminar o campeonato em 12° lugar.

Três anos depois, a situação é um pouco diferente. O Fluminense busca sair do meio da tabela, com 17 pontos, e se aproximar da zona de classificação da Libertadores. Já o América-MG vive mau momento e se encontra no Z4, com apenas 11 pontos. Com ambos precisando dos três pontos, pode-se esperar uma partida digna de 2018.

*Estagiária sob a supervisão de Victor Mendes

Últimas