Futebol Há nove anos, São Paulo derrotava o Tigre-ARG e era campeão da Sul-Americana

Há nove anos, São Paulo derrotava o Tigre-ARG e era campeão da Sul-Americana

No dia 12 de dezembro de 2012, Tricolor bateu o time argentino por 2 a 0 em jogo que só teve o primeiro tempo e ergueu o inédito troféu. Lucas e Osvaldo marcaram os gols

Lance
Lance

Lance

Lance

O dia 12 de dezembro de 2012 foi especial para os torcedores do São Paulo. Há nove anos, o Tricolor derrotava o Tigre-ARG por 2 a 0, no Morumbi e conquistava a Copa Sul-Americana. Lucas e Osvaldo marcaram os gols da vitória do clube do Morumbi.

O São Paulo começou a campanha eliminando o Bahia. Venceu por 2 a 0 ambas as partidas, disputadas no estádio de Pituaçu e no Morumbi. Nas oitavas, o Tricolor despachou a LDU, onde empatou a ida fora de casa por 1 a 1 e o novo empate sem gols no Morumbi deu a vaga ao Tricolor.

Nas quartas de final, o São Paulo mediu forças com a Universidad de Chile, sensação do torneio e atual campeã. O Tricolor, porém, não deu chances para o rival e venceu por 2 a 0 fora e goleou no Pacaembu por 5 a 0.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO PAULISTA 2022!

Na semifinal o São Paulo enfrentou outro chileno: a Universidad Católica. O empate por 1 a 1 em Santiago e sem gols no Morumbi, deu ao São Paulo a vaga na grande decisão do torneio sul-americano. Na decisão, a ida diante do Tigre terminou sem gols na ida, na Argentina.

No Morumbi, a vitória por 2 a 0 no primeiro tempo deu o título ao São Paulo. O intervalo da partida foi marcado por uma grande confusão nos vestiários. A equipe do Tigre não quis continuar a partida e o árbitro encerrou o jogo antes do início do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA DA FINAL
São Paulo 2 X 0 Tigre
Data: 12/12/2012
Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo - Morumbi
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Assistente 1: Francisco Mondria (Chile)
Assistente 2: Carlos Astroza (Chile)
Renda: R$ 3.942.800,00
Público: 67.042 pagantes
Gols: Lucas (22min/1ºT); Osvaldo (27min1ºT).

SÃO PAULO
​Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington, Jadson e Lucas; Osvaldo (Douglas, no intervalo) e Willian José. Técnico: Ney Franco.

TIGRE
Albil; Paparatto, Echeverría, Godoy e Orban; Ferreira, Galmarini, Díaz e Leone; Botta e Maggiolo. Técnico: Néstor Gorosito

Últimas