Futebol Há nove anos, Santos derrotava Cerro e ficava perto da final da Liberta

Há nove anos, Santos derrotava Cerro e ficava perto da final da Liberta

Com gol de Edu Dracena, o Peixe derrotou o Cerro Porteño-PAR por 1 a 0 e ficava perto da final da Libertadores de 2011. Clube se classificou depois de empatar por 3 a 3, fora de casa

Lance
Lance

Lance

Lance

Nesta segunda-feira (25), completa exatos nove anos da vitória do Santos sobre o Cerro Porteño-PAR por 1 a 0, no Pacaembu, com gol do zagueiro Edu Dracena, pela semifinal da LIbertadores de 2011. A vitória foi importante, pois deixou o Peixe a um empate da decisão da competição continental.

Sem Ganso, que estava machucado, o Santos teve dificuldades para furar o bloqueio da defesa paraguaia, que tentava evitar um gol santista a todo custo. Porém, aos 43 minutos do primeiro tempo, surgiu a estrela de Neymar. O atacante fez jogada individual pela esquerda e cruzou na cabeça do zagueiro Edu Dracena, que testou firme para abrir o placar.

Veja o lance do gol

Com o empate por 3 a 3 no Paraguai, o Santos se classificou à final da competição, onde venceu o Peñarol para conquistar o tricampeonato da Libertadores.

Últimas