Futebol Há dez anos, Ronaldo anunciava despedida do Corinthians e futebol

Há dez anos, Ronaldo anunciava despedida do Corinthians e futebol

No dia 14 de fevereiro de 2011, em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, o Fenômeno comunicava sua aposentadoria

Lance
Ronaldo é um dos maiores atacantes de todos os tempos

Ronaldo é um dos maiores atacantes de todos os tempos

Lance! Galerias

Há exatamente dez anos, no dia 14 de fevereiro de 2011, um capítulo enorme da história do futebol mundial se encerrava, uma vez que foi a data em que Ronaldo Fenômeno anunciou sua saída do Corinthians e sua aposentadoria. Após uma incrível jornada de recuperação no Timão, com grandes atuações, títulos e muitos gols, o atacante decidiu interromper sua carreira aos 34 anos.

"Estou aqui hoje para falar que estou encerrando a minha carreira como jogador profissional. Quero dizer que essa carreira foi linda, maravilhosa, emocionante. Muitas derrotas, infinitas vitórias. Fiz muitos amigos, não me lembro de ter feito nenhum inimigo. Enfim, estou antecipando o fim da minha carreira por alguns motivos importantes. Todos sabem do meu histórico de lesões, tenho tido nos últimos dois anos uma sequência muito grande de lesões. Essas dores me fizeram antecipar o fim da minha carreira", disse.

"Há quatro anos, no Milan, eu descobri que sofria de um distúrbio que se chama hipotireoidismo, que desacelera o metabolismo. Para controlar, eu teria que tomar uns hormônios que não são permitidos no futebol. Muitos devem estar arrependidos de terem feito tantas chacotas com o meu peso. Eu não guardo mágoa. Só queria explicar isso no último dia da minha carreira", completou o ídolo corintiano em sua coletiva de despedida.

As lesões, a dificuldade para manter o peso e o desgaste do dia a dia se uniram à eliminação na fase preliminar da Libertadores para o Tolima-COL, que havia acontecido na semana anterior, e culminaram na decisão de abandonar o futebol dentro de campo, já que fora dele, o Fenômeno continua envolvido.

Quatro meses depois, em um amistoso contra a Romênia, Ronaldo concluiu sua trajetória com a camisa da seleção brasileira, já visivelmente fora de forma e com as dificuldades de movimentação que as lesões trouxeram.

Ronaldo conquistou dois títulos com a camisa do Timão. O Campeonato Paulista de 2009, no qual o Timão não perdeu nenhum jogo, e a Copa do Brasil no mesmo ano. Nos dois casos, o atacante marcou gols nas partidas finais. Ao todo o Fenômeno disputou 69 partidas pelo Corinthians e marcou 35 gols.

Últimas