Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Grito de 'Mengo' volta à arquibancada do Flamengo, e torcedor vibra com campanha: 'Entra em campo'

Alexandre Galvão, mais conhecido como Gottardo e que administra perfil dedicado à memória da torcida do Flamengo, é um dos entusiastas...

Futebol|Do R7

O grito de "Meeeeengoooo! Meeeeengoooo!" faz parte da cultura da torcida do Flamengo desde a década de 70, mas, com a mudança de gerações e novas músicas, perdeu espaço nos últimos anos. Contudo, nas últimas decisões do clube, a arquibancada do Maracanã voltou a pulsar com o canto. O ápice recente foi contra o Vasco, na semifinal do Carioca, com a Nação empurrando o time até Matheus França invadir a área e ser derrubado. O gol de pênalti marcado por Pedro encaminhou a vitória.

Na saída do Maracanã, o garoto do Ninho ressaltou o ambiente criado pela torcida, afirmando que o grito que vem das arquibancadas arrepia - confira, no vídeo acima, imagens da Nação no Maracanã.

- A torcida do Flamengo é muito boa, acompanha de perto sempre a gente. Sempre que eles cantam sentimos aquele arrepio. Sendo assim, a gente vai junto com eles - afirmou o meia Matheus França.

RUBRO-NEGRO PROMOVE CAMPANHA NAS REDES

Publicidade

Frequentador da arquibancada do Maracanã desde os anos 80, Alexandre Galvão é um dos entusiastas do "Meeeengoooo!". Nas redes sociais, é quem administra o perfil Flarquiba History, com o objetivo de resgatar imagens e manter viva a memória da Nação.

Hoje, a página tem mais de 22 mil seguidores e foi por ali que o rubro-negro, mais conhecido como Gottardo pela semelhança com o ex-zagueiro entre os torcedores, iniciou a campanha pela volta do grito ao Maracanã em meados de 2021.

Publicidade
Alexandre Galvão Torcedor Flamengo
Alexandre Galvão Torcedor Flamengo (Foto: Arquivo Pessoal)

Alexandre Galvão, o Gottardo, em frente ao Maracanã (Foto: Arquivo Pessoal)

O primeiro passo da campanha foi nas redes sociais. Depois, Alexandre passou a conversar diretamente com antigas amizades das arquibancadas. O resultado é positivo, acredita o torcedor.

Publicidade

- Comecei porque tinha a certeza da importância que ele sempre teve em nossa arquibancada, do efeito positivo que ele passa para os jogadores, da atmosfera que ele cria. Resumindo, o canto de Mengo literalmente entra em campo - relatou Alexandre, que começou a ir aos jogos com o pai, Ronald, na década de 80.

- Percebia que era um enorme desperdício não utilizá-lo. Por isso que não desisti da campanha em momento algum. Cresci na arquibancada ouvindo o canto de Mengo - explicou o rubro-negro.

Para Alexandre, o canto faz parte da identidade da torcida do Flamengo, sendo reconhecido por jogadores históricos do clube, como o lateral-direito Leandro, campeão mundial em 1981, e que é capaz de "entrar em campo".

- A princípio, é um canto simples, são apenas cinco letras, mas tem uma energia incomparável. Esse canto faz parte da história do elo entre arquibancada e campo. Quando o torcedor canta Mengo durante o jogo, o semblante de cada um muda, o torcedor percebe que naquele momento ele está fazendo algo que entra em campo, que mexe positivamente com o time - completou ao LANCE!.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.