Futebol Grêmio atropela Ayacucho e fica perto de vaga na Pré-Libertadores

Grêmio atropela Ayacucho e fica perto de vaga na Pré-Libertadores

Diego Souza foi o grande destaque da goleada gremista, marcando três gols e abrindo uma enorme vantagem para partida de volta

Lance
Grêmio fez grande jogo e praticamente se garantiu na próxima fase

Grêmio fez grande jogo e praticamente se garantiu na próxima fase

Lance

Pela partida de ida da 2ª fase da Pré-Libertadores, em sua Arena, o Grêmio massacrou o Ayacucho, do Peru, pelo placar de 6 a 1 e encaminhou sua classificação para próxima fase da Pré-Libertadores. Destaque para Diego Souza, que marcou três gols. David Braz, Ferreirinha e Guilherme Azevedo marcaram os outros três para o time. Quina descontou para o time peruano.

O jogo de volta entre Ayacucho, do Peru, e Grêmio acontece no dia 16 de março, no Olímpico Atahualpa, em Quito, no Equador, pois as autoridades peruanas não autorizaram a realização da partida em terras locais. O vencedor deste confronto enfrenta quem passar do duelo entre Unión Española-CHI e Independiente Del Valle-EQU. A partida de ida terminou 1 a 0 para o time chileno, que jogou em casa.



GRÊMIO MARCA O PRIMEIRO LOGO DE CARA
Não tinha dado nem tempo de suar a camisa e o Grêmio já conseguiu abrir o marcador. A bola foi levantada na área, o goleiro Cavallotti saiu do gol, mas não conseguiu afastar o perigo. Pinares ficou com a bola e passou para David Braz estufar a rede: 1 a 0, aos 3 minutos.

DOMÍNIO TOTAL E SEGUNDO GOL
O Grêmio amassava o Ayacucho. O ataque criava uma chance atrás da outra. Diego Souza (duas vezes) e Ferreirinha poderiam ter ampliado, mas o goleiro Cavallotti e a defesa peruana evitaram que o segundo gol fosse marcado.

Mas, aos 27 minutos, o time do Ayacucho não conseguiu evitar que o segundo gol fosse marcado. Pinares acertou um ótimo passe em profundidade para Ferreirinha, que driblou o goleiro e só empurrou para o fundo do gol: 2 a 0 para o Grêmio.

VIROU PASSEIO DO GRÊMIO
Cinco minutos depois do gol de Ferreirinha, Alisson sofreu falta dentro da área e árbitro marcou pênalti. Diego Souza bateu muito bem e fez mais um para o Grêmio: 3 a 0. Aliás, foi também de Diego Souza, aos 40 minutos, o 4º gol, em ótima finalização: 4 a 0.

TRICOLOR PISA O PÉ NO FREIO
O Grêmio voltou diferente do intervalo. Apesar de ter criado algumas oportunidades para ampliar o marcador no início da etapa complementar, o time comandado por Renato Gaúcho não mantinha o ritmo avassalador da primeira etapa.

AYACUCHO DESCONTA
Valente, o time peruano aproveitou que o Grêmio havia diminuído o ritmo e conseguiu marcar o gol de honra. Após cobrança de escanteio, Vanderlei não conseguiu afastar o perigo. Quina aproveitou e fez: 1 a 4

GRÊMIO ACELERA E AMPLIA AINDA MAIS A GOLEADA
O gol do Ayacucho acordou o Grêmio. Os comandados de Renato Gaúcho foram para cima dos peruanos e conseguiram ampliar ainda mais a goleada. O quinto gol saiu aos 33. Guilherme recebeu o passe, dominou e bateu no cantinho para fazer 5 a 1. Sete minutos depois, Diego Souza passou por vários jogadores peruanos e marcou um golaço para fechar a goleada: 6 a 1.

GRÊMIO 6 x 1 AYACUCHO – JOGO DE IDA DA 2ª DA PRÉ-LIBERTADORES

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 10 de março de 2021, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Augusto Aragón (EQU)
Assistentes: Byron Romero (EQU) e Andres Tola (EQU)
Cartões amarelos: (GRE), Salazar, Jesús Mendieta, Firpo (AYA)
GOLS: David Braz, 03’/1ºT, Ferreirinha, 27’/1ºT, Diego Souza, aos 32’ e 40’/1ºT, Quina, aos 27’/2ºT, Guilherme Azevedo, aos 33’/2ºT e Diego Souza, aos 40’/2ºT.
GRÊMIO (Técnico: Renato Gaúcho): Vanderlei; Vanderson, Paulo Miranda, David Braz e Diogo Barbosa (Cortez, no intervalo); Maicon (Guilherme Azevedo, aos 16’/2ºT), Matheus Henrique (Lucas Silva, aos 32’/2ºT) e Pinares (Thaciano, aos 29’/2ºT); Alisson (Isaque, aos 16’/2ºT), Ferreirinha e Diego Souza.
AYACUCHO (Técnico: Walter Fiori): Cavallotti; Salazar (Pablo Lavandeira, aos 34’/2ºT), Carlos Beltrán, Minzum Quina e Jesús Mendieta (Aguirre, aos 46’/2ºT); Guillermo Firpo, Leandro Sosa, Páucar (Aoki, no intervalo) e Robert Ardiles (Villamarín, aos 28’/2ºT); Pósito (Regalado, no intervalo) e Othiel Arce.

Champions: Messi faz golaço, mas perde pênalti e Barça cai para o PSG

Últimas