Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Greenwood faz apelo para o fim da investigação contra Bellingham, do Real Madrid, por insulto durante jogo

Estrela merengue teria chamado o meio-campista do Getafe de estuprador em jogo pela 20ª rodada de La Liga

Futebol|

Lance
Lance Lance (Lance)

Mason Greenwood, atacante do Getafe, pediu que a investigação da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) sobre Jude Bellingham, astro do Real Madrid, fosse encerrada. No dia 1º de fevereiro, no jogo entre as equipes dos compatriotas, Bellingham teria chamado Greenwood de "estuprador" após uma forte dividida no gramado. 

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

O incidente abriu uma investigação que poderia terminar com uma punição pesada à estrela dos Blancos, porém, a pedido do próprio atleta do Getafe, a tendência é que o caso seja encerrado. A informação foi divulgada em uma matéria exclusiva do jornal britânico The Sun.

 ENTENDA A SITUAÇÃO

Publicidade

No final de 2022, Greenwood foi detido na Inglaterra após sua ex-namorada, Harriet Robson, acusá-lo de agressão sexual e violência doméstica, por meio das redes sociais. O atacante ficou preso por dois dias e foi liberado após pagamento de fiança. Meses depois, o atleta voltou a ser preso por ter violado as condições propostas ao buscar novo contato com a vítima. Um novo pagamento de fiança foi feito e mesmo solto, Greenwood continuou a responder pelo processo.

Até então destaque no Manchester United, Mason foi afastado e atualmente está emprestado ao Getafe, onde viveu a situação com Bellingham. Em janeiro de 2023, as acusações contra o atacante foram retiradas sem grandes explicações.

Publicidade

Segundo o The Sun, fontes próximas afirmaram que o jogador não quer 'má publicidade' e busca focar apenas em 'jogar futebol'. Após o episódio entre os jogadores ingleses, o Getafe entrou com um pedido de perícia de leitura labial, para confirmar se Jude havia, de fato, insultado o atleta da equipe adversária.

A versão de que Bellingham, do Real Madrid, teria chamado Greenwood de "rapist" - "estuprador" em inglês - pareceu condizente à liga espanhola, que transferiu o caso ao Comitê Anti-Violência. Agora, com a investigação em andamento, o atacante do Getafe pediu para que o caso seja esquecido e Bellingham não sofresse sanções pelo ocorrido no Coliseum Alfonso Pérez.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.