Futebol Goleiros brilham, e Argentina fica no zero com Paraguai

Goleiros brilham, e Argentina fica no zero com Paraguai

Argentinos seguem na 2ª colocação da competição, atrás do Brasil. Sequência de 23 jogos sem derrotas segue para Celeste

Lance
Argentina empatou em 0 a 0 fora de casa com Paraguai

Argentina empatou em 0 a 0 fora de casa com Paraguai

Lance

Pela 11ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo, Paraguai e Argentina se enfrentaram, no Defensores del Chaco, em Assunção. Com brilho dos goleiros, as duas equipes não conseguiram tiram o zero do placar.

Os dois times chegaram com grande pressão e buscaram, desde os primeiros toques na bola, o gol. O primeiro susto partiu da Argentina. Correa viu Lo Celso livre pela esquerda e mandou para o volante, que chutou de primeira. Silva defendeu. Na sequência, Di María lançou Joaquín Correa em velocidade. O atacante entrou na área, mas Antony Silva, bem posicionado, afastou.

Na sequência, Arzamendia fez duas jogadas espetaculares! Aos 3, o lateral mandou uma bomba da ponta esquerda. Martínez espalmou. Um minuto depois, após Romero cobrar escanteio, o paraguaio aproveitou rebote e soltou a canhota. A bola, porém, subiu e foi para fora.

Aos 9, Messi deu um ótimo passe para Joaquín na esquerda. O atacante entrou na área, ajeitou e finalizou colocado. O goleiro Antony Silva espalmou e salvou.


Dois minutos depois, mais um novo susto da Argentina. Messi fez jogada pela direita e lançou Correa, que deu um toque na saída de Antony. A bola ia entrando. Quando Di María chegou para empurrar para as rede, Albrete salvou em cima da linha.

Os visitantes seguiram em grande pressão e davam trabalho à defesa paraguaia, que contou com o brilho de seu goleiro Antony Silva. Em uma das boas chegadas da Celeste, Messi cobrou uma falta direto, que pegou uma grande curva e saiu para fora.

Os argentinos diminuíram um pouco a sua pressão, e não renderam muitos lances de perigo aos adversários. Mesmo assim, seguiram encontrando bons espaços na defesa do Paraguai. Os donos da casa, porém, também não iam ficando para trás. Aos 35, Sanabria tentou o cabeceio após um cruzamento da esquerda. No entanto, a bola apenas passou por toda a defesa adversária. Nove minutos depois, o atacante paraguaio foi lançado pela esquerda, mas Martínez saiu da área e afastou, de cabeça.

O jogo retornou para o segundo tempo ainda mais agitado. Logo no primeiro minuto, a Argentina apareceu com Di María, que cruzou rasteiro. Joaquín Correa perdeu o tempo e deixou passar por toda a área. O mesmo aconteceu três minutos depois. Na jogada, De Paul dominou na ponta esquerda e cruzou rasteiro.

Aos 8, o Paraguai teve uma ótima chance. Em contragolpe, Almirón arrancou pela direita, após Daronco não marcar falta pedida por Messi. O atleta entrou na área, Sanabria pediu a bola pelo meio, mas o camisa 10 tentou, mandando com a canhota. Martínez fez a defesa.

A Argentina voltou a pressionar e teve três boas oportunidades. Aos 12, Di María ia tentando o passe para Joaquín Correa na esquerda. Contudo, Antony Silva saiu para defender. Na sequência, Di María cruzou, e Messi tentou o chute com a canhota. A bola, porém, parou em Gustavo Gómez.

A defesa paraguaia seguiu dando um show. Aos 14, quando Correa estava perto de balançar as redes, após cabeceio, Villasanti esticou a perna e afastou o perigo. Na sequência, após cobrança de escanteio de Messi, a bola ficou viva na área do Paraguai, mas a defesa afastou.

Aos 18, os anfitriões tiveram uma grande chance de abrir o placar. Na jogada, Arzamendia cruzou da esquerda, e Sanabria deu um leve toque de primeira. Martínez defendeu no primeiro pau. Como resposta, De Paul dominou na ponta direita e arriscou. Mesmo com a bomba, Antony Silva espalmou.

Os paraguaios voltaram mais alertas para a segunda etapa. Assim, diferente dos 45 minutos anteriores, encontravam mais espaços e não deixavam a zaga adversária descansar. Assim, aos 25, Almirón deu ótimo passe para Sanabri, que, de dentro da área pela esquerda, chutou cruzado. A bola, porém, tirou tinta da trave.

O goleiro paraguaio foi o destaque da partida. Aos 37, após cobrança de escanteio, Guido Rodríguez apareceu livre na área e cabeceou para o chão. Silva salvou. O mesmo aconteceu na sequência. Em nova cobrança, Papu Gómez avançou pela esquerda, ajeitou e ia soltar a bomba. No entanto, ia arqueiro espalmou, salvando mais uma vez.

No final do duelo, mais uma boa chegada do Paraguai. Romero acionou Lucena dentro da área pela esquerda. Dessa forma, o camisa 16 chegou cruzando de primeira para o meio da área, e González apareceu finalizando de primeira. Contudo, mandou por cima do gol de Martínez.

Ficha técnica

Paraguai 0 x 0 Argentina
Local: Defensores del Chaco, no Paraguai
Data e hora: 07/10/2021 - às 20h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (BRA)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (BRA) e Rafael da Silva Alves (BRA)
Cartões amarelos: Junior Alonso e Villasanti (Paraguai)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

PARAGUAI (Técnico: Eduardo Berizzo)
Antony Silva; Robert Rojas, Gustavo Gómez, Junior Alonso, Alderete e Arzamendia (Richard Sánchez, aos 28‘/2°T); Morel (Ángel Lucena, aos 17’/2°T), Villasanti (Balbuena, aos 43’/2°T) e Almirón; Ángel Romero (Escobar, aos 43’/2°T) e Sanabria (Carlos González, aos 28‘/2°T).

ARGENTINA (Técnico: Lionel Scaloni)
Emiliano Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña (Tagliafico, aos 11‘/2°T); De Paul (Papu Gómez, aos 21‘/2°T), Paredes, Lo Celso (Nicolás González, aos 30‘/2°T) e Di María (Guido Rodríguez, aos 21‘/2°T); Messi e Joaquín Correa (Julián Álvarez, aos 30’/2°T).

Mbappé admite atrito com Neymar; veja outras 15 brigas de parceiros

Últimas