Goleiro sub-20 do Flamengo diz ter sido chamado de 'macaco' por torcida do Vasco

Já na reta final da partida, Hugo Souza foi até o árbitro da partida reclamar, mas nada aconteceu; ele criticou o ocorrido após o fim do jogo

Lance

Lance

Lance

O goleiro do Flamengo Hugo Souza diz ter sido vítima de injúria racial durante a final do Campeonato Carioca Sub-20, nesta quarta-feira, em São Januário. Já nos minutos finais, quando a bola parou, o jogador se dirigiu ao árbitro da partida para relatar gritos de "macaco" vindos das cadeiras sociais, onde os torcedores do Vasco estavam.

Em campo, o Fla empatou por 1 a 1, mas ficou com o título após a vitória por 2 a 0 no jogo de ida, no Estádio Luso-Brasileiro.

- Feliz por mais um título dentro de São Januário, mais um bom desempenho da equipe e individual. Triste pelo ocorrido no final. Uma semana dura, jogo contra o Corinthians o que aconteceu ali no fim (o goleiro levou um soco) e hoje um fato que tem acontecido nos últimos dias mais triste. Saber perder faz parte do futebol. Jogar em São Januário contra um time como o Vasco, que, como o Flamengo, vem de dentro da favela também. Torcedores que fazem o que fizeram, com essa atitude inadmissível. Me chamaram de macaco mais de uma vez. Não tenho por que inventar isso - disse, às redes oficiais do Flamengo.

O Vasco é conhecido como um dos pioneiros na luta contra o racismo no esporte. O clube, inclusive, realiza ao longo do dia campanhas nas redes sociais por conta do Dia da Consciência Negra.

- São torcedores que precisam conhecer um pouco mais a história do próprio clube que torcem. Quando menor, joguei no Vasco e sei um pouco da história. Se diz o primeiro que abriu as portas para negros e eles precisam entender isso. É inadmissível, tem acontecido bastante nos últimos dias. Com o Taison, o Dentinho, na Holanda. Isso tem que acabar. Atitudes como essa não tem como admitir. Aqui vai um apelo de um atleta negro que vem se dedicando. Tem muitos no Brasil. Precisamos que isso pare, acabe. São todos iguais, independente da raça e da cor - completou Hugo.

Em contato com a reportagem do LANCE!, o Vasco afirmou que está apurando os fatos e irá se posicionar em breve.