Futebol Goleiro do Flu é pego no doping por suspeita de uso de cocaína

Goleiro do Flu é pego no doping por suspeita de uso de cocaína

Rodolfo abriu mão de pedir contraprova e se colocou suspenso voluntariamente. Ação reforça a ideia de que o goleiro assumiu a culpa

Rodolfo abriu mão de pedir contraprova e se colocou suspenso voluntariamente. Ação reforça a ideia de que o goleiro assumiu a culpa

O goleiro Rodolfo, do Fluminense

O goleiro Rodolfo, do Fluminense

Lucas Merçon/Fluminense F.C.

O goleiro Rodolfo, do Fluminense, foi pego no exame antidoping por suspeita de uso de cocaína. O exame foi realizado pela Conmebol no jogo do Tricolor contra o Atlético Nacional (COL), no Maracanã, no dia 23 de maio, pela Copa Sul-Americana.

Rodolfo já foi suspenso por dois anos pelo mesmo motivo, em 2013, quando defendia o Atheltico Paranaense. Diante do fato, o Fluminense emitiu uma nota em que diz que o atleta abriu mão da contraprova e que está suspenso de forma voluntária, o que reforça a hipótese de que o jogador assume a culpa.

- O Fluminense Football Club informa que o goleiro Rodolfo Alves de Melo foi flagrado no exame antidoping após a partida Fluminense x Atlético Nacional (COL), pela Sul-Americana, realizada em 23 de maio de 2019 no Maracanã. O clube e o atleta já realizaram uma reunião e uma petição foi apresentada à Conmebol, onde o jogador abriu mão da contraprova se colocando suspenso voluntariamente, para se dedicar exclusivamente à sua defesa. O Fluminense já colocou seu Departamento Jurídico à disposição do jogador que, por norma legal, teve o contrato de trabalho suspenso. A instituição dará todo o suporte necessário ao atleta - diz o Tricolor, em nota.