Futebol Gil vai completar 250 jogos pelo Corinthians e se declara ao clube: 'Lugar que eu mais me identifico'

Gil vai completar 250 jogos pelo Corinthians e se declara ao clube: 'Lugar que eu mais me identifico'

Neste sábado, quando o Timão enfrenta o Red Bull Bragantino, o zagueiro atingirá essa expressiva marca pelo clube com o qual já conquistou três títulos e tem construído história

Lance
Lance

Lance

Lance

O Corinthians entra em campo neste sábado, às 21h, em Bragança Paulista, para enfrentar o Red Bull Bragantino, pela 13ª rodada do Brasileirão-2020. E a partida será especial para um jogador que atingirá uma marca importante na história alvinegra. É o caso de Gil, que completará 250 jogos com a camisa do Timão. O zagueiro comemorou essa façanha e se declarou para o clube.

Em entrevista exclusiva para a Corinthians TV, o camisa 4 falou do carinho e da identificação que tem pelo time do Parque São Jorge, após quatro anos como atleta alvinegro somando suas duas passagens. Apesar de ter defendido outras camisas no Brasil, na Europa e na Ásia, seu lugar preferido é o Timão.

- Eu saí de Campos dos Goytacazes, uma cidade do interior do Rio de Janeiro, pude rodar por vários lugares, mas o lugar que eu mais me identifico é o Corinthians, até pelo tempo que eu tenho aqui, fiquei três anos, depois voltei, estou completando um ano da volta. Então para a minha família e para mim é uma coisa gratificante fazer parte da história do Corinthians, claro que a minha parte é pequena na dimensão do clube, mas eu fico feliz em poder fazer a cada dia, a cada jogo, e deixar meus familiares também orgulhosos.

E essa história do defensor com a camisa do Corinthians começou em 2013, quando foi contratado junto ao Valenciennes, da França. Naquela ocasião, Gil se juntou a um grupo campeão da Libertadores e do Mundo, que o recebeu de braços abertos e proporcionou que ele pudesse escrever seu nome no clube.

- Eu trabalhei para construir a cada jogo, então a partir do momento que eu tive oportunidade, quando eu cheguei era o grupo de 2013, que tinha acabado de ser campeão, todo mundo me recebeu super bem, aí eu me senti à vontade e percebi naquele momento que eu poderia sim também construir a minha história assim como os outros jogadores que estavam aqui e me acolheram.

Apesar das conquistas do Brasileirão de 2015, do Paulistão de 2013 e da Recopa Sul-Americana de 2013, Gil não elegeu um momento marcante específico em suas passagens pelo Corinthians, mas destacou o dia a dia e o carinho de todos os envolvidos como os aspectos mais especiais dessa história.

- Acho que o mais importante é que desde que eu cheguei aqui no Corinthians, eu sempre fui muito bem tratado, então isso aí me deixa feliz, porque a gente sabe que dentro de campo as coisas estão dando certo e acho que na maioria das vezes é porque você tem o carinho do pessoal de dentro do clube, você entra em campo com a responsabilidade de fazer o seu melhor, então não tem um momento marcante, mas acho que todas as vezes que eu vim aqui, eu vim com alegria, com responsabilidade, sabendo que não depende só de mim e das pessoas que estão por fora também.

Um dos líderes do elenco e titular absoluto da zaga, Gil já fez três gols nesta temporada, meta anual estabelecida por ele. Com isso, o objetivo já aumentou para 2020. Embora balançar a rede não seja a sua função inicial, o zagueiro quer ajudar a equipe da maneira que for possível dando o seu melhor.

- Antes eu tinha uma meta de dois ou três gols por temporada, agora já aumentou, então a gente trabalha bastante para poder fazer o melhor. Claro que às vezes as coisas não acabam acontecendo do jeito que a gente espera, mas a gente acende sim essa vontade de querer ajudar fazendo um gol ou fazendo o melhor, então isso dentro de mim está sempre aceso.

Últimas