Futebol Gestor de Rueda explica 'organograma' do novo Comitê de Gestão do Santos; entenda

Gestor de Rueda explica 'organograma' do novo Comitê de Gestão do Santos; entenda

José Renato Quaresma será o responsável pelo futebol. Demais membros do colegiado serão direcionados para atuar em áreas específicas​

Lance
Lance

Lance

Lance

Antes mesmo de ser eleito, o presidente do Santos, que assumirá o mandato no dia 01°de janeiro, Andrés Rueda, já anunciou o seu Comitê de Gestão. E, diferentemente das administrações anteriores, o grupo responsável pelas decisões colegiadas referentes ao Peixe serão distribuídos em áreas específicas.

José Renato Quaresma será o "homem forte" do futebol. No entanto, para respeitar o organograma, o clube terá profissionais de direção e gerência no departamento, estes, portanto, terão que se reportar diretamente a Quaresma.

Atualmente, o futebol santista tem direção técnica de Jorge Andrade e superintendência de Felipe Ximenes. Ambos não tiveram a sua permanência garantida, nem descartada.

- O que estamos trabalhando, é que se tenha tranquilidade no clube. Muitas coisas sendo faladas de caças às bruxas, de retiradas, não vai ter isso, porque o presidente já determinou isso. O presidente quer profissionalismo - disse José Renato Quaresma em entrevista à rádio Nova FM.

- Algumas pessoas vão sair? Lógico que vão. Algumas pessoas vão chegar? Lógico que vão. É um processo contínuo. Atletas vão sair? Pode ser que sim. Atletas vão chegar? Logicamente que sim. Mas qual o período disso? 28 de fevereiro. O principal é dar tranquilidade para o elenco e para o Cuca trabalharem - acrescentou.

> Veja a classificação do Brasileirão e simule os próximos jogos

Além de Quaresma no futebol, o "organograma" do Comitê Gestor ficará da seguinte forma:

- Dagoberto Oliva, responsável pela área financeira, onde terá ao lado o vice-presidente José Carlos de Oliveira, e processos no Conselho Deliberativo;

- José Berenguer, captação de negócios;

- Rafael Leal, patrimônio;

- Ricardo Campanaro e Vitor Sion, marketing;

- Walter Schalka, negociações.

Essa divisão não significará que os CGs não "troquem figurinhas" em setores que vão além dos que foram designados.

- Não quer dizer que as pessoas se estanquem nas suas áreas. Por exemplo, o Walter (Schalka) já me ligou esses dias falando algo do futebol, eu já falei com o Berenguer sobre um propenso patrocinador, o Vitor (Sion) e o Ricardo (Campanaro) já estão montando esses planejamentos. Então, a gente tem essa conversa para que todos possam ajudar - afirmou Quaresma.

Diferentemente das administrações anteriores, a gestão liderada por Andrés Rueda assumirá o Peixe em meio a competições. Com os quatro meses de paralisação do futebol, entre março e junho, por conta da pandemia do novo coronavírus, a temporada se encerrará em fevereiro.

Últimas