Gerson comenta sobre o tri mundial do Botafogo: 'Era considerado Copa do Mundo'

Canhotinha de Ouro, capitão nas conquistas do Torneio de Caracas de 1967 e 1968, afirma que Alvinegro está certo em reivindicar posto de campeão mundial junto à Fifa

Lance

Lance

Lance

Enquanto o Botafogo promete lutar junto à Fifa pela alcunha de tricampeão mundial, os jogadores presentes nas campanhas apoiam a causa. Este é o caso de Gerson. O ex-meia, capitão nas conquistas do Torneio de Caracas em 1967 e 1968, afirmou, em entrevista à "Rádio Tupi", que a competição era vista, à época, como um Mundial.

- Tem tudo para a Fifa dar o carimbo dela. Era considerado uma Copa do Mundo. O Botafogo tem razão. Os jornais da época diziam que era considerada Copa do Mundo, porque disputavam esse torneio vários times, como Barcelona, Santos, Grêmio, Benfica, Real Madrid, Botafogo, Seleção Argentina. Acho válido - afirmou.

Gérson - Botafogo

Gérson - Botafogo

Lance

Gerson em ação pelo Botafogo (Foto: Arquivo L!)

O Canhotinha de Ouro já não estava mais no elenco na campanha vitoriosa em 1970, mas foi peça fundamental e um dos melhores jogadores do Botafogo nas outras duas conquistas. Por isto, ele considera que é correto Nelson Mufarrej, atual presidente do clube, e companhia buscarem tal reconhecimento.

- Se tem chance de fazer isso, tudo bem. Eu era o capitão em 67 e 68. É justo correr atrás de um título que na época a própria imprensa dava como campeonato mundial. É só pegar os jornais da época. Tem que reivindicar sim o presidente do Botafogo, tem todo o direito - completou.