Futebol Gerente de Futebol do Corinthians, Alessandro comenta sobre transição de jovens ao profissional

Gerente de Futebol do Corinthians, Alessandro comenta sobre transição de jovens ao profissional

Dirigente corintiano foi titular e capitão nas conquistas da Libertadores e Mundial, em 2012, pelo Timão

Lance
Lance

Lance

Lance

Em um momento financeiro delicado, é inviável ao Corinthians investir em reforços para o elenco profissional. Atualmente, a dívida total do clube é próxima a R$ 1 bilhão, o que faz com que a base do clube seja o único local de garimpo para o elenco profissional.

Em paralelo ao Timão, o Santos também vive dias delicados em relação às finanças, e na última terça-feira (6) venceu o San Lorenzo (ARG), no estádio Nueve Gasómetro, por 3 a 1, pelo primeiro jogo da terceira fase da pré Libertadores, com o terceiro gol anotado pelo garoto Ângelo, de 16 anos e 3 meses, que se tornou o atleta mais novo a balançar as redes pela competição continental, quebrando um recorde que já perdurava há quase seis décadas.

E o novo Menino da Vila é apenas mais um dentre tantos que o Alvinegro Praiano revelou. Só nos últimos anos tivemos nomes como Rodrygo, Gabigol e até mesmo o melhor atleta brasileiro em atividade, Neymar Júnior.

Ao ver isso, é natural os corintianos se perguntarem: e o Timão frente a tudo isso?

E essa pergunta foi levada ao gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes, que é ex-atleta corintiano, inclusive tendo sido capitão das duas maiores conquistas do clube, a Libertadores e o Mundial Interclubes de 2012.

Em entrevista coletiva virtual realizada nesta sexta-feira (9), o dirigente evitou comparações com outras equipes, mas salientou o processo de integração que tem sido feito nesta temporada com os atletas mais novos sendo promovidos ao time principal.

- Acho bastante pertinente a sua pergunta, mas não gostaria de comparar com outros clubes que usam mais a base do que o Corinthians. Entendo que o processo deva ser desta forma que estamos fazendo. Diminuímos a folha, emprestamos alguns atletas, automaticamente dando mais espaço aos meninos da base. Temos mais de 50% do elenco hoje com atletas oriundos da base - disse Alessandro.

- A gente faz a mesma pergunta: quando vai jogar? Quando vai ter a oportunidade? É a expectativa do torcedor. Aqui esperamos o processo natural deles. Varanda foi titular nos últimos seis jogos, Mancini dará oportunidade a outros. Estamos vivenciando duas semanas de trabalho e esperando a retomada das competições. É um processo seguro, o que o campo mostrar para o treinador ele vai fazer - acrescentou.

Ainda assim, Alessandro avalia positivamente o início dos garotos mais jovens recém-promovidos ao "time de cima" do Corinthians.

- A resposta de todos os atletas têm sido muito boa, uns mais outros menos, às vezes um entende mais rápido, mas todos os atletas estão aproveitando muito bem esse período de trabalho forte e intenso. A resposta tem sido muito positiva - ressaltou.

De acordo com o gerente, o técnico Vagner Mancini também entende a necessidade de fazer com que essas promessas do Terrão se tornem realidade com a camisa alvinegra, principalmente durante o atual período de austeridade financeira.

- Mancini entende o momento do Corinthians, absorveu os meninos e tudo está ocorrendo dentro do que a gente espera. O desejo do torcedor é ver quando o atleta vai jogar. Temos feito isso com segurança e num futuro breve as coisas vão ocorrer - afirmou Alessandro.

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

Responsáveis pela transição

Companheiros do ex-lateral-direito no título continental há sete anos, os meias Danilo e Alex tem sido os responsáveis por essa transição dos

- Alex e Danilo recentemente completaram três meses de clube, nosso sub-23 está em recesso pela fase emergencial e por não ter competição tão próxima. Sobre transição do sub-20 para sub-23 e para o profissional tem sido feita com competência. A entrega deles tem sido ótima, Danilo tem acompanhado os trabalhos, o mesmo com Alex, hoje foram ao sub-17. Tem entregado bem e facilitado muito - afirmou Alessandro.

Após 15 dias sem disputar uma partida oficial, o Corinthians volta a campo neste domingo (11), às 20h, contra o Guarani, no Brinco de Ouro da Princiesa, em

Últimas