Galhardo relembra título pela seleção sub-20: “Momento único”

Lateral que está negociando com clubes brasileiros diz que momento com a Seleção Brasileira no Sul-Americano foi o momento mais especial da carreira

Lance

Lance

Lance

O lateral-direito Rafael Galhardo coleciona passagens por grandes clubes do Brasil, mas foi pela seleção brasileira o momento mais especial vivido na carreira do atleta. Em 2010, o técnico da seleção sub-20 era Ney Franco, que 30 de novembro, anunciava a lista dos 25 jogadores que iriam disputar o campeonato Sul-Americano. Aos 19 anos, Rafael Galhardo atuava pelo Flamengo, era reserva de Leo Moura, atleta com quem veio a atuar pelo Grêmio na temporada passada, e sendo dessa vez o titular.

O Brasil era o atual campeão da competição, e disputou o título no período de 16 de janeiro a 12 de fevereiro nas cidades de Arequipa, Tacna e Moquegua, no Peru. O torneio concedeu a vaga para o Mundial da categoria, na Colômbia, e duas seleções que representariam a América do Sul nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, onde o Brasil veio a conquistar a medalha de prata. No dia 12 de fevereiro de 2011, a seleção conquistou o seu décimo primeiro título da Sul-Americana, e o terceiro consecutivo, ao vencer o Uruguai por 6 a 0.

- O Sul-Americano é uma lembrança muito boa que eu tenho, além de poder estar desfrutando de vestir a camisa da seleção brasileira, e tendo grandes jogadores ao redor, pude jogar a maioria dos jogos e sendo campeão. Foi um momento muito importante, momento único, onde levo pro resto da minha vida, para minha carreira, e é um título que fica marcado. Esse ano passou uma retrospectiva dos títulos da sul-americana e tava lá, relembrando 2011, então sempre vai ficar guardado no currículo. Coroou um grande trabalho de grandes jogadores que representaram o Brasil – disse Galhardo.