Futebol Gabriel Paulista, zagueiro do Valencia, enaltece torcida após caso de racismo contra Vini Jr

Gabriel Paulista, zagueiro do Valencia, enaltece torcida após caso de racismo contra Vini Jr

Atacante do Real Madrid foi chamado de "macaco" durante o duelo no Mestalla

Lance
Lance

Lance

Lance

A vitória do Valencia sobre o Real Madrid por 1 a 0, neste domingo, não foi a principal história escrita no Mestalla. Vinícius Jr foi alvo de injúrias raciais por parte da torcida da casa durante boa parte do jogo e ainda lidou com uma expulsão nos acréscimos da segunda etapa. Após o duelo, o brasileiro recebeu apoio de clubes, personalidades do futebol e até mesmo do adversário Mouctar Diakhaby, mas um outro brasileiro não seguiu a mesma linha de pensamento.

O defensor Gabriel Paulista, que estava suspenso devido a uma expulsão na rodada anterior, contra o Celta de Vigo, utilizou as suas redes sociais para enaltecer o clima no Mestalla. Em seu story, o zagueiro compartilhou uma publicação do artista Lázaro dela Peña, de uma das partidas anteriores ocorridas no estádio, e escreveu a legenda "Mestalla, você é f***", logo após o jogo.

+ 10% OFF nos mantos internacionais a partir de R$299,90 com o cupom: LANCEFUT

Além disso, respondeu um post de um torcedor em defesa de seus aficionados, negando os gritos de "mono" - macaco em espanhol - e afirmando que a palavra cantada pelos torcedores era "tonto".https://twitter.com/BundesInsider/status/1660649487956598790?s=20

- O estádio inteiro chamando uma pessoa de tonto é bem diferente de mono. E se teve alguém que foi racista tem que pagar sim. A minha postagem foi pela vitória e hoje a torcida foi fundamental, porque precisávamos muito sair da zona de rebaixamento. Quem entende de futebol sabe o que estou falando, um abraço a todos - disse o zagueiro.

No duelo anterior entre Real e Valencia, disputado no Santiago Bernabéu em fevereiro deste ano, Gabriel foi expulso após entra duríssima em Vinícius aos 26 minutos da segunda etapa. Os merengues já venciam o jogo por 2 a 0 - Vini marcou um dos gols - e os dois brasileiros discutiram após o pontapé.https://twitter.com/FutebolizeiN/status/1621262952539066370?s=20

Neste domingo, foi a vez de Vini ser expulso. Além dos cantos racistas, que fizeram a partida ser paralisada por nove minutos, o brasileiro se envolveu em uma confusão nos acréscimos. Em discussão com o goleiro Mamardashvili, o camisa 20 foi contido por alguns jogadores, mas Hugo Duro acertou um mata-leão no brasileiro e prendeu por alguns segundos. Vinícius, ao sair da chave, acertou Duro com o braço. O árbitro Ricardo de Burgos Bengoechea foi chamado pelo VAR para revisar a situação, mas os operadores do vídeo omitiram a agressão do valenciano e apenas mostraram o golpe do brasileiro, que foi expulso diretamente.

+ Real Madrid formaliza denúncia após casos de racismo contra Vini Jr

Com a expulsão, Vini pode ser suspenso por três jogos e desfalcar os merengues nas últimas rodadas da La Liga. O Real precisa vencer para voltar à segunda colocação da tabela, já que foi ultrapassado pelo Atlético de Madrid, e quer ter uma reta final tranquila. A vaga direta na fase de grupos da Champions ainda está em aberto, mas para não se complicar e correr o risco de parar nos play-offs continentais, a equipe de Carlo Ancelotti precisa fazer quatro pontos dos nove em disputa para alcançar a classificação.

Últimas