Futsal do Timão recebe treinamento virtual de Inteligência Emocional

Comissão técnica e atletas participaram de seminário virtual, na última sexta-feira com o presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional, Rodrigo Fonseca

Lance

Lance

Lance

Na última sexta-feira, a equipe do Corinthians Futsal teve um encontro virtual diferente, com o objetivo de fortalecer a mente, dar ferramentas para atletas e comissão técnica lidarem de maneira saudável com a pandemia e, também, com suas próprias emoções.

A convite do treinador André Bié, o presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (Sbie), Rodrigo Fonseca, realizou um seminário de Inteligência Emocional.

- A intenção em trazer o Rodrigo foi que ele colocasse aos nossos jogadores o quão importante é saber lidar com as emoções dentro do jogo e dentro da própria vida. Nós estamos em evidência o tempo todo, então quanto mais forte mentalmente estivermos numa partida maior o êxito - contou Bié.

Rodrigo Fonseca começou a trabalhar com Inteligência Emocional em 1997, após vivenciar um treinamento quando passava por um momento difícil de sua vida. Trabalhou com o grupo que havia feito seu treinamento até fundar a Sbie.

- A Sbie surgiu com o propósito de levar a prática da Inteligência Emocional para todas as esferas da vida, incluindo organizações, escolas, famílias e comunidades. A nossa metodologia se baseia, principalmente, na busca pela origem de dores emocionais e físicas que impedem a realização pessoal e profissional de todo ser humano - disse Fonseca.

Sob o contexto de pandemia e isolamento social, notou-se uma maior procura para métodos de resolução de conflitos, tanto internos quanto externos. Para André Bié, a atividade reflexiva pode ser um diferencial competitivo.

- Quisemos mostrar também que, dentro deste momento inédito que estamos vivendo, ações como essa podem ser um diferencial competitivo para nosso elenco. Estamos fazendo o nosso melhor independente das condições que temos.

Rodrigo deixou também uma contribuição para quem estiver procurando relacionar-se melhor consigo mesmo e com suas próprias emoções.

- O primeiro passo é começar a compreender a si mesmo. Depois, vá prestando atenção nas diversas emoções que você sente ao decorrer do dia (medo, raiva, tristeza, alegria e amor). Escreva em um papel como você reage a cada uma delas (fica nervoso, em silêncio, se isola, grita etc.) e o que fez ela surgir. Foi uma discussão? Um pensamento? Algo que alguém disse? - concluiu.