Futebol Fred marca, Fluminense vence o Bragantino e sai na frente pela vaga

Fred marca, Fluminense vence o Bragantino e sai na frente pela vaga

Camisa 9 chegou aos 35 gols na competição, um a menos que Romário, maior artilheiro da história do torneio

Lance
Fred fez o gol que abriu caminho para a vitória do Fluminense

Fred fez o gol que abriu caminho para a vitória do Fluminense

Lance

Na partida de estreia na Copa do Brasil, o Fluminense levou a melhor e saiu na frente na briga por uma vaga nas oitavas de final. Nesta quarta-feira (2), o Tricolor venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 0 no Maracanã. Os gols foram marcados por Fred e Abel Hernández, ambos no segundo tempo. Os visitantes eliminaram Mirassol e Luverdense nas fases anteriores.

Agora pelo Campeonato Brasileiro, o Flu receberá o Cuiabá no próximo domingo, às 11h, pela segunda rodada da competição, em São Januário. Já o Bragantino encara o Bahia em casa, no sábado, às 21h. O duelo de volta, em Bragança Paulista, será na próxima quarta-feira, às 21h30.

INÍCIO ESTUDADO
Mesmo atuando fora de casa, foi o Bragantino quem iniciou tendo a posse de bola. Em partida estudada, as duas equipes se fecharam bem para evitar surpresas e, portanto, não houve chances claras. O Fluminense deu campo ao adversário e chegou poucas vezes, cometendo erros de passe e, na melhor oportunidade, Nenê bateu para fora.



MELHOROU
Ainda houve duas chances perigosas para cada lado no primeiro tempo. A primeira, aos 33, poderia ser um golaço do Red Bull Bragantino com Lucas Evangelista, que deu um chapéu em Luccas Claro, mas tocou rente à trave. Depois, aos 36, Yago Felipe chutou rasteiro de fora da área e obrigou Júlio César a fazer uma defesa no cantinho. Apesar de os visitantes terem a bola, foram os mandantes que conseguiram dar mais volume.

DÁ NELE QUE RESOLVE
Bem no jogo, mas sem chances claras, o Fluminense abriu o placar em uma jogada comum do time de Roger nesta temporada. Aos 15 minutos, Caio Paulista roubou a bola e puxou o contra-ataque. Yago Felipe lançou Fred, que tocou para Gabriel Teixeira e entrou na área para receber de volta e chapar no gol. Ele chegou aos 35 gols na Copa do Brasil e está a apenas um de igualar Romário como maior artilheiro da história da competição.

ESTRELA
O artilheiro saiu e um dos reservas mais importantes deste Fluminense mostrou que tem estrela. Aos 24, Martinelli roubou a bola na intermediária, Nenê recebeu e rolou para Yago, que viu Abel Hernández infiltrar a área para chutar de primeira e ampliar a conta um minuto depois de entrar na vaga de Fred. O Tricolor melhorou e conseguiu fazer os gols quando aproximou o meio-campo e foi eficiente nas roubadas de bola, enquanto o Red Bull Bragantino foi ficando desorganizado e não chegou tanto.

NÃO DEU
Nos minutos finais, o Bragantino tentou correr atrás do prejuízo e provocou até uma defesaça do goleiro Marcos Felipe, mas, em geral, o Fluminense se armou bem defensivamente para evitar as subidas. Além disso, Roger Machado fez mudanças na frente que ajudaram a dar fôlego novo ao time. No fim, nada mudou no placar.

FLUMINENSE 2 x 0 RED BULL BRAGANTINO

Data/Hora: 02/06/2021, às 21h30
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Gols: Fred (15'/2ºT) (1-0), Abel Hernández (24'/2ºT) (2-0)
Cartões amarelos: Fred, Yago Felipe (FLU), Aderlan (RBB)
FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Wellington - 50'/2ºT) e Nene (Ganso - 33'/2ºT); Caio Paulista (Luiz Henrique - 33'/2ºT), Fred (Abel Hernández - 23'/2ºT) e Gabriel Teixeira (Kayky - 33'/2ºT). Técnico: Roger Machado
RED BULL BRAGANTINO: Julio César; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar (Luan Cândido - 26'/2ºT); Eric Ramires (Jadsom Silva - 26'/2ºT), Lucas Evangelista e Helinho (Weverson - 47'/2ºT); Artur, Ytalo (Pedrinho - 26'/2ºT) e Cuello (Alerrandro - 8'/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri

Aguero deu relógios e sorteou carro a funcionários do Manchester City

Últimas