Futebol Fluminense ultrapassa marca de 40 mil sócios duas semanas após lançamento de novos planos

Fluminense ultrapassa marca de 40 mil sócios duas semanas após lançamento de novos planos

Tricolor tinha meta há algum tempo e agora tenta bater os 45 mil para ampliar receitas com o programa de sócios

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense bateu, nesta terça-feira, a meta de 40 mil sócios-torcedores estabelecida há duas semanas, quando o clube lançou os novos planos e benefícios. A marca é inédita para a história do programa e não foi batida nem quando a torcida fez campanha de associação em massa durante a pandemia da Covid-19.

A divulgação das novidades aconteceu no dia 7 de junho. No momento, o contador da plataforma do Sócio Futebol registrava 37.344 associados. Desde então, o Flu contabilizou quase 3 mil adesões. Agora, a nova meta está nos 45 mil sócios.

Durante essas duas semanas, o Fluminense já promoveu algumas experiências exclusivas para sócios através do novo programa de pontos. Os associados puderam resgatar, entre outras coisas, visita ao CT Carlos Castilho e Match Day em jogos.

Veja a tabela da Série A do Brasileirão

Em entrevista em janeiro, o presidente Mário Bittencourt afirmou que se o clube chegasse a 40, 50 ou 60 mil sócios, teria "um time vinculado totalmente ao programa“, já que a receita é toda voltada ao futebol. No início do ano, o Tricolor teve uma arrecadação recorde, com cerca de R$ 400 mil por mês.

Entre as novidades estão o acúmulo de pontos para trocar por produtos e experiências, ingresso extra com desconto para acompanhante e kit com produtos exclusivos, além de planos popular e para a família. O clube se baseou em três pesquisas realizadas recentemente com mais de 12 mil torcedores, além de um minucioso estudo de mercado de programas no país e no exterior e uma análise do comportamento dos atuais sócios.

Últimas