Futebol Fluminense terá três jogos seguidos no Rio para se firmar de vez no G-6

Fluminense terá três jogos seguidos no Rio para se firmar de vez no G-6

Com semana livre para recuperar jogadores, Tricolor das Laranjeiras enfrentará RB Bragantino e Athlético-PR no Maracanã, e terá o clássico contra o Vasco, em São Januário

Lance
Lance

Lance

Lance

Apesar de uma tabela complicada neste início de returno, o Fluminense voltou a vencer fora de casa e entrar no G-6 do Brasileirão. Com a semana livre para treinar e tentar recuperar seus jogadores, o Tricolor das Laranjeiras terá pela frente três jogos seguidos no Rio de Janeiro para se firmar de vez na briga por uma vaga na Copa Libertadores 2021.

+ Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

O fator casa é essencial para o crescimento de uma equipe na competição mesmo com a ausência da torcida por causa da pandemia. Nas próximas três semanas, o Fluminense não fará viagens, o que será importante para recuperar o condicionamento de seus atletas e ter tempo de fortalecer o grupo neste momento decisivo.

Os adversários serão clubes que lutam para se afastar da zona da degola. Na segunda, a equipe de Odair Hellmann enfrentará o RB Bragantino, às 20h (de Brasília), no Maracanã. Já no dia 5 de dezembro, sábado, receberá o Athlético-PR, às 19h. Por fim, no dia 14, às 20h, em plena segunda-feira, o Fluminense terá pela frente o clássico contra o Vasco, em São Januário.

Com uma campanha consistente sob seus domínios, o Flu já soma onze jogos em casa, com seis vitórias, três empates e apenas duas derrotas, ficando atrás somente de Atlético-MG, Internacional e São Paulo. No geral, o time tem 35 pontos com Palmeiras, Santos e Grêmio bem próximos, na disputa por uma vaga na mais tradicional competição de clubes do continente.

Além disso, o Tricolor fecha o ano com dois confrontos interessantes e que podem render bons frutos para subir ainda mais na tabela e sonhar com voos mais altos. No dia 20 de dezembro, visita o seu algoz da Copa do Brasil, o Atlético Goianiense, que luta na parte de baixo da tabela, e no dia 27, volta a jogar em casa, dessa vez contra o embalado São Paulo, de Fernando Diniz.

- Acho até que a gente está conseguindo uma regularidade. Claro que os últimos dois jogos, duas derrotas, mas nós vínhamos de oito jogos com regularidade de quase dois meses de competição. E no Campeonato Brasileiro, que é tão disputado, tão difícil. Isso é uma regularidade de pontuação, performance. É natural e está acontecendo com todas as equipes do campeonato: há uma oscilação dentro do próprio campeonato pela dificuldade dos adversários. Mas a gente tem conseguido manter uma regularidade e, por isso, tem essa pontuação e está na parte de cima da tabela - destacou Odair Hellmann

Últimas