Futebol Fluminense tem só dois heróis dos últimos clássicos como titulares e tenta reagir novamente no Fla-Flu

Fluminense tem só dois heróis dos últimos clássicos como titulares e tenta reagir novamente no Fla-Flu

André e Yago Felipe resolveram duelos contra o Flamengo recentemente e tem sido escolhidos como titulares de Abel Braga no Tricolor

Lance
Lance

Lance

Lance

O Fluminense ainda não se encontrou na temporada. Com um novo trabalho, o Tricolor jogou mal nas três rodadas do Campeonato Carioca até o momento e está devendo. Mas nada melhor que um clássico para engatar de vez. Assim como em diversos confrontos recentes, o duelo contra o Flamengo pode representar a virada de chave para a equipe de Abel Braga. Dos heróis das últimas cinco vitórias apenas dois são considerados titulares. O jogo no Nilton Santos neste domingo, às 16h, tem transmissão em tempo real do LANCE!.

No último Fla-Flu, John Kennedy brilhou. O jovem, porém, sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito, durante as férias, e precisará passar por cirurgia. Além dele, Abel Hernández também marcou naquele 3 a 1, mas o uruguaio deixou o clube em dezembro. No confronto anterior, sim, André quem definiu no último minuto o triunfo por 1 a 0. O jovem, que na época ainda tentava se firmar no profissional, segue sendo titular depois do destaque na última temporada.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

Ainda em 2021, Igor Julião fez um golaço para garantir o 1 a 0 no clássico com times alternativos no Carioca. Ele rescindiu com o Flu para assinar com o Vizela, de Portugal. Antes disso, pelo Brasileirão de 2020, Luccas Claro, atualmente reserva, e Yago Felipe, titular em todas as partidas da temporada, fizeram o 2 a 1. Pelo Carioca, antes da pandemia, Nene fez um gol de calcanhar na vitória por 1 a 0 sobre o time de garotos do rival. Atualmente o meia está no Vasco.

Mais do que apenas as vitórias, superar o rival tem sido o ponto alto ou a virada de fase para o Fluminense. Em outubro do ano passado, o triunfo no Maracanã foi provavelmente o melhor jogo do Tricolor na reta final do Brasileirão e ajudou na conquista da vaga na Libertadores. Já no primeiro turno, em julho, o Flu vinha de quatro partidas sem vencer e ganhou mais confiança antes da ótima atuação no confronto de ida das oitavas da Liberta com o Cerro Porteño (PAR).

No Fla-Flu do Carioca, o time tinha a estreia de Roger Machado e vinha de duas derrotas nas primeiras rodadas com o time Sub-23. Depois do clássico, o Tricolor iniciou a caminhada até a final (que terminou com derrota para o rival). No jogo que abriu 2021, ainda válido pelo Brasileiro de 2020, o clássico marcou a primeira vitória de Marcão no comando depois da saída de Odair Hellmann. Depois o Flu acabou goleado pelo Corinthians, mas o triunfo de virada ajudou a embalar a surpreendente campanha rumo ao quinto lugar.

O embate pelo Carioca de 2020, em janeiro, foi o único fora dessa rota. O Flu vinha de três vitórias seguidas e manteve o bom momento até chagar à semifinal da Taça Guanabara (onde foi derrotado pelo Fla). Mesmo assim, encontros com o rival costumam ser uma injeção de confiança, algo que o Fluminense de 2022 com certeza está precisando. A segunda fase da Libertadores contra o Millonarios, vale lembrar, é já no próximo dia 22.

- Pedreira. Não vai ser diferente. O Flamengo está motivado também com novo treinador, sempre uma equipe forte. Mas o Fluminense não se rende para ninguém. Vamos pensar na melhor estratégia e jogar sempre com o pensamento que vamos vencer. O respeito é mútuo, ainda mais pelos últimos resultados. Vamos com uma convicção de fazer um bom jogo - disse Abel.

As equipes entram em campo neste domingo às 16h, no Estádio Nilton Santos. O Flu está em quarto lugar no Campeonato Carioca, com duas vitórias e uma derrota até o momento.

Últimas