Futebol Fluminense pede que torcida não faça 'Ruas de Fogo' ou aglomerações para evitar punição na Libertadores

Fluminense pede que torcida não faça 'Ruas de Fogo' ou aglomerações para evitar punição na Libertadores

Tricolor informa que multas podem ser severas caso haja uso de sinalizadores ou outras festas nos arredores do estádio em dias de jogo

Lance
Lance

Lance

Lance

Na tentativa de se prevenir por possíveis punições, o Fluminense soltou uma nota oficial nesta quinta-feira para alertar os torcedores sobre os protocolos da Conmebol para a Libertadores. O clube ressalta que a ação conhecida como "Ruas de Fogo", assim como o uso de qualquer artefato inflamável, pirotécnico ou explosivo dentro do estádio ou nas áreas próximas e vias no entorno do local da partida é proibido pela confederação.

> Fred alcança a marca de 400 gols na carreira. Relembre os mais importantes pelo Fluminense

As medidas valem para antes e depois dos jogos e, se descumpridas, podem resultar em multas e severas punições ao Flu. Além disso, por conta da pandemia da Covid-19, o clube também destaca que será responsável também pela segurança no perímetro externo do estádio e poderá ser punido caso haja presença de pessoas gerando aglomerações que contrariem os protocolos de prevenção ao coronavírus.

Veja a tabela da Libertadores

Também está proibida a presença de vendedores ambulantes dentro do anel de segurança e a instalação de telões no local. "O regulamento é duro, expressamente, contra qualquer tipo de aglomeração, corredor ou recepção aos jogadores nos arredores do estádio", ressalta a nota oficial.

A estreia do Fluminense na Libertadores será no próximo dia 22, contra o River Plate (ARG), no Maracanã. As outras partidas em casa são contra o Independiente Santa Fe (COL) em 12 de maio, além de quem vencer entre Bolívar e Junior Barranquilla no dia 18.

Últimas