Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fluminense: Fernando Diniz detona arbitragem por expulsão de Marcelo contra Argentinos Juniors: 'Um absurdo'

Diogo Barbosa deve ser o substituto de Marcelo no jogo de volta

Futebol|Do R7

Lance
Lance Lance

Após o empate entre Fluminense e Argentinos Juniors, Fernando Diniz reclamou da expulsão de Marcelo no início do segundo tempo. Em coletiva de imprensa, o técnico do Tricolor afirmou que o cartão vermelho foi muito rigoroso e não gostou do tempo de acréscimo dado pelo árbitro do partida.

+ Entrevista exclusiva com o camisa 2 do Fluzão? Temos! Assista ao Fala, Jogadô! com Samuel Xavier

- Vou usar uma metáfora que exemplifica o que eu acho: é a mesma coisa que alguém estar trafegando em uma avenida com o farol verde e alguém de repente passa com o carro e a culpa é do motorista. O Marcelo estava driblando e infelizmente não tinha onde colocar o pé. Todos ficaram consternados pela lesão do jogador, mas absurda a expulsão do Marcelo. Muito pior do que a expulsão do Samuel (na final do Campeonato Carioca) e do Dodô (em um lance no jogo Fluminense x Santos). O que o Marcelo iria fazer para evitar a expulsão? Uma loucura isso.

O treinador também não aprovou o tempo de acréscimo na partida dado pelo árbitro chileno Piero Maza. O comandante não entendeu os oito minutos dados na etapa final, uma vez que o duelo ficou muito tempo parado por conta das expulsões de Marcelo, do Fluminense, e Arias, do Argentinos Juniors.

Publicidade

- Outra coisa em relação à arbitragem. Ali parou 5 minutos. Depois parou mais uns 3 ou 4 minutos na expulsão do goleiro. E o juiz deu 8 minutos de acréscimo. Uma falta de critério absurda. Não dá para entender como dá 8 minutos de acréscimo em um jogo desses.

No jogo de volta, o Fluminense não contará com Marcelo, que deve ser substituído por Diogo Barbosa na lateral-esquerda. Por outro lado, o Argentinos Juniors não contará com o goleiro Arias, que também viu o cartão vermelho na segunda etapa, e o zagueiro Sánchez, que fraturou a perna.

Publicidade

VEJA OUTROS TRECHOS DA COLETIVA DE FERNANDO DINIZ:

ARGENTINOS JUNIORS

Publicidade

- Acredito que o Argentinos Juniors não vai mudar suas características. Eles jogam de maneira agressiva, é um time muito bem treinado e tem tudo para ser um jogo difícil para as duas equipes.

EXPULSÃO DE MARCELO

- Todos estão tristes pelo que aconteceu com o jogador. Em segundo lugar, a expulsão foi absolutamente equivocada. Até pela reação do Marcelo. Não teve intenção, não tinha onde ele colocar o pé. Ninguém deu pontapé em ninguém. Absolutamente para estragar o jogo. Esse é o meu parecer

CAMPO DE JOGO

- O campo acho que nem tem as dimensões oficiais, um campo menor do que as dimensões oficiais, mas estava em boas condições para jogar. A gente sabia o campo que iria encontrar. A torcida deu um show à parte e é uma equipe muito boa e muito bem treinada.

ANÁLISE DA PARTIDA

- Eu acho que o resultado foi justo. Um jogo bastante disputado. Até os 25, 30 minutos, o Argentinos esteve melhor, mas o Fluminense equilibrou e até terminou melhor no segundo tempo. No segundo tempo, o Fluminense foi superior e mereceu o empate. E se virasse o jogo, também seria justo.

JOGADOR DE LINHA NO GOL

- Tem um pouco de mérito da marcação. A gente colocou imediatamente o Leo Fernández, que é um jogador que chuta muito bem. Uma das intenções era aproveitar falta, pois ele é um exímio batedor de falta. Mas eles procuraram não baixar muito o bloco, fazer uma marcação em linha média. A gente poderia ter acelerado um pouco mais e ter mais jogadores na última linha para ter mais condições de ter bolas para chute. Nos 10 primeiros minutos, foi um jogo meio truncado, os dois times marcando alto, tendo que fazer um pouco mais de bola longa. Eles acabaram encaixando melhor com dois centroavantes, acharam o gol em uma jogada dessas. Teve um lance de bate rebate, teve um cruzamento que originou o gol. Depois mudamos a marcação, ajustamos e jogamos mais dentro das nossas características, com imposição técnica. A partir daí, entramos no jogo e voltamos melhor no segundo tempo em relação ao primeiro.

VOLTA

- A gente esperava. É um time muito intenso, bem treinado, que tem boa qualidade técnica. Então não foi nenhuma surpresa. No segundo tempo, conseguimos imprimir muita intensidade no jogo. Foi uma partida que teve um certo equilíbrio. No Maracanã, esperamos com o apoio do nosso torcedor fazer um bom jogo lá.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.